Aviso: O conteúdo aqui apresentado tem uma finalidade exclusivamente informativa sobre um tipo específico de jogo e como jogá-lo. O objetivo deste conteúdo não é nem promover nem disponibilizar um tipo de jogo, mas simplesmente informar o jogador acerca de como jogá-lo.


Ainda dentro daquela que é a variante de poker mais popular, o Texas Hold’em, o Limit Hold’em (também conhecido por Fixed-Limit Hold’em or FLHE) é exatamente igual, mas com uma estrutura de apostas limitadas nas várias rondas (em vez de permitir que qualquer jogador possa ir all-in quando quiser independentemente do número de fichas que tiver à sua frente).

Como as apostas são limitadas e os pots são, frequentemente, mais pequenos (em termos de big blinds) do que aqueles encontrados em jogos de No-Limit Hold’em, os limites nos jogos de FLHE são, geralmente, muito mais altos do que na sua versão No-Limit. Consequentemente, o Limit Hold’em fornece, ainda assim, muitos pots grandes, situações matemáticas intrigantes e toneladas de diversão para todos os envolvidos.

Neste artigo, vamos focar-nos nos seguintes pontos:

  • Como jogar Limit Texas Hold’em;
  • As principais diferenças estratégicas entre No-Limit e Limit Hold’em;
  • Considerações estratégicas adicionais para maximizar os lucros nas mesas de Limit Hold’em;
  • Estratégia street a street em FLHE.

 

Índice

  1. Princípios Básicos: Limit Texas Hold’em
  2. Ranking de Mãos de Poker
  3. Buy-ins, Limites e Recomendações Para a Banca
  4. Spread Limit / Outros Jogos Limit
  5. As Diferenças: Limit vs No Limit
  6. A Estratégia: Como Mais Lucrar
  7. Estratégia de Limit Hold’em: Street a Street
  8. Conclusão

 

Princípios Básicos: Limit Texas Hold’em

Procedimentos de Preparação e Jogabilidade

Antes de dar as cartas, os dois jogadores que estão sentados imediatamente à esquerda do Botão colocam a small blind e a big blind respetivamente. Estas apostas têm de ser, pelo menos, igualadas pelos restantes jogadores na primeira ronda de apostas caso estes queiram ir a jogo. 

Assim que as blinds sejam colocadas, são dadas duas cartas a cada jogador. Dadas as cartas, tem início a primeira ronda de apostas, começando pelo jogador sentado à esquerda da big blind. Os jogadores têm a possibilidade de fazer call à blind blind (também conhecido por limp), fazer raise (aumentar o tamanho da aposta atual), ou fazer fold (descartar as suas cartas).

Assim que a ronda de apostas pré-flop terminar, é virado o flop. Esta é a parte em que três das cinco cartas comunitárias são colocadas, simultaneamente, viradas para cima no meio da mesa. Estas são cartas que, em conjunto com as suas cartas de mão, qualquer jogador e todos os jogadores ao mesmo tempo poderão utilizar para tentar criar a melhor combinação de 5 cartas. Assim que o flop seja virado, tem início nova ronda de apostas que começa pelo primeiro jogador com cartas sentado à esquerda do botão seguindo-se os restantes jogadores com cartas na mão no sentido dos ponteiros do relógio. As opções são “check” (não apostar qualquer valor e, essencialmente, passar a vez ao próximo) ou “apostar”, assumindo que não há quaisquer apostas prévias (nesse caso, as opções seriam fold, call ou raise).

NOTA: No capítulo seguinte, de seu nome Estrutura de Apostas, esclareceremos o que as estruturas de apostas e limites envolvem em Limit Hold’em.

Assim que a ronda de apostas no flop é concluída, uma quarta carta comunitária (o “turn”) é virada e tem lugar outra ronda de apostas que seguirá o mesmo sistema que aquele delineado acima.

Terminada a quarta ronda de apostas, segue-se a quinta e final carta comunitária (o “river"). Nesta altura na mão, todas as cartas comunitárias foram viradas e os jogadores poderão, com precisão, definir qual a melhor combinação de 5 cartas que conseguem fazer utilizando as 7 cartas ao seu dispor (5 cartas comunitárias + 2 cartas de mão). Para isso, precisam de conhecer o ranking de mãos que apresentaremos abaixo.

Assim que a última ronda de apostas esteja completa, quaisquer jogadores ainda envolvidos na mão chegam a showdown, altura em que têm de virar as suas cartas para determinar quem é o vencedor da mão (quem tem a melhor combinação de 5 cartas). O vencedor recebe, então, o pot, o botão move-se um jogador para a esquerda e uma nova mão estará pronta a começar.

Ranking de Mãos de Poker

ranking maos

Estrutura de Apostas

O nome do jogo (Limit Hold’em) torna bem explícito que existem limites colocados em cada ronda de apostas. Estes limites são implementados numa estrutura de duas camadas, em que o limite superior de apostas é, normalmente, o dobro do limite inferior. Adicionalmente, sublinhamos que o limite inferior é utilizado pré-flop e no flop e o limite superior é utilizado no turn e no river.

Os limites ditam tanto o tamanho da aposta inicial feita durante uma ronda de apostas como os incrementos dos tamanhos dos raises que poderão ser feitos posteriormente na mesma ronda de apostas. Por exemplo, num jogo €1/€2, no flop, a aposta inicial apenas poderá ser €1 e caso qualquer outro jogador faça raise, o único tamanho permitido para o fazer seria €2 no total (mais €1 do que a aposta inicial).

NOTA: Ter um limite superior nas streets finais tem um propósito, especialmente quando o pot continua a crescer. Não só permite que os jogadores possam apostar com mais eficácia por proteção (ao negar equity ao seu adversário dando-lhes odds piores do que uma aposta pequena daria), mas também permite que os bluffs dum determinado jogador sejam mais eficazes (o adversário do jogador que está a fazer bluff teria de ganhar mais vezes no longo prazo para justificar o seu call a uma aposta grande quando comparado a uma aposta pequena).

Assim como os limites de apostas são estritamente definidos, a quantidade de apostas/raises que pode haver por ronda de apostas também é geralmente limitada a 3 ou 4 raises após a aposta inicial. Esta regra varia conforme o local onde estiver a jogar.

No entanto, uma excepção frequente a esta regra ocorre quando os jogadores estão heads-up (de novo, dependente do local onde estiver a jogar). Ou seja, o limite é levantado caso se verifique um destes dois cenários:

  • Todos os jogadores fizeram fold, deixando apenas dois jogadores a disputar a mão;
  • Há apenas dois jogadores em prova desde o início da mão.

Esta excepção permite que ambos os jogadores continuem a fazer raises e re-raises ilimitados até que um deles acabe all-in.

Buy-ins, Limites e Recomendações Para a Banca

Tendo em conta que as rondas de apostas estão limitadas a nível de tamanho de apostas e número de raises permitidos entre jogadores, os buy-ins em cash games de Limit Hold’em não têm, geralmente, qualquer limite – o que significa que poderá, caso pretenda, entrar com €1.000.000 numa mesa de €1/€2.

No que toca ao buy-in mínimo, geralmente é de, pelo menos, 10 vezes o tamanho da aposta pequena nos limites mais baixos (em jogos ao vivo especialmente) e 10 vezes o tamanho da aposta grande em limites mais altos. Na tabela abaixo, apresentamos aqueles que são, geralmente, os buy-ins mínimos em cada limite.

NOTA: Regra geral, todos os limites de FLHE (incluindo micro limites) podem ser encontrados no poker online. Nos casinos que têm Limit Hold’em na sua oferta, os limites começam entre €1/€2 e €2/€4.

Limite Small Blind Big Blind Buy-In Mínimo Comum
€0.02/€0.04 €0.01 €0.01 €0.20
€0.05/€0.10 €0.02 €0.05 €0.50
€0.10/€0.20 €0.05 €0.10 €1.00
€0.25/€0.50 €0.10 €0.25 €2.50
€0.50/€1.00 €0.25 €0.50 €5
€1/€2 €0.50 €1 €10
€2/€4 €1 €2 €20
€3/€6 €1 €3 €30
€4/€8 €2 €4 €50
€5/€10 €2 €5 €100
€6/€12 €3 €6 €100
€8/€16 €4 €8 €150
€10/€20 €5 €10 €200
€15/€30 €10 €15 €300
€20/€40 €10 €20 €400
€30/€60 €15 €30 €600
€40/€80 €20 €40 €800

NOTA: Onde aplicável, como nos limites €3/€6 e €5/€10, a small blind é normalmente arredondada para o euro mais próximo.

NOTA: Lembre-se que em jogos Limit, os limites apresentados referem-se ao tamanho da aposta pequena e da aposta grande; não ao tamanho das blinds (como em jogos No-Limit).

Relativamente à gestão de banca, tendo em conta que os pots em jogos de poker limit são significativamente mais baixos do que em jogos no-limit ou pot-limit, os jogadores podem participar em jogos com limites mais altos do que o normal, ainda que a sua banca não seja muito grande.

A recomendação mais comum é que um jogador tenha, pelo menos, uma banca equivalente a 300 apostas grandes do limite que pretendem jogar. Por exemplo, caso queira jogar €1/€2 Limit (com uma estrutura de blinds de €0.50/€1), deverá ter 300 x €2 = €600 na banca. Semelhantemente, para um jogo €2/€4, deverá ter uma banca de €1200.

Spread Limit / Outros Jogos Limit

Nos jogos limit normais, as tells baseadas nos tamanhos das apostas não existem devido aos limites estruturais das apostas. No entanto, há uma variante de Limit Hold’em onde estas tells são, ainda, evidentes: Spread Limit.

Em jogos Spread Limit, os jogadores têm a opção de apostar ou fazer raise de qualquer montante que esteja entre dois valores definidos. Por exemplo, num jogo Limit de €1 a €5, os jogadores podem apostar/fazer raise de qualquer valor que se encontre entre €1 e €5 pré-flop e no flop. Depois, no turn e river, o limite mais alto duplica e as apostas ou raises passam a poder compreender-se entre €1 e €10.

Outra variante de limit poker envolve ter incrementos/limites diferentes para cada ronda de apostas ao invés daquilo que é comum: um limite nas primeiras duas rondas e outro nas duas últimas.

No geral, jogos fixed-limit são muito mais comuns do que jogos spread limit que, aliás, são cada vez mais raros no mundo do poker.

As Diferenças: Limit vs No Limit

Independentemente de estar a fazer a transição de Limit Hold’em para No Limit Hold’em (NLHE) ou vice-versa, há várias diferenças entre os dois que deverão ser mencionadas. Utilizar uma estratégia similar para ambos poderá ser prejudicial por causa das diferenças que advêm das estruturas de apostas variadas.

• A Importância duma Aposta Única: Como o tamanho das apostas não é variável em Limit Hold’em, fazer aquela aposta extra por valor sempre que possa (seja através dum raise, re-raise, check-raise ou simplesmente por apostar) será importantíssimo para a sua winrate ser a melhor possível nesta variante! Podemos considerar que ganhar uma aposta grande por hora representa uma winrate respeitável em jogos ao vivo, por isso, a importância de ganhar uma aposta extra sempre que possível é extremamente importante! E o contrário também é verdade... poupar uma aposta sempre que possível também é importante: caso perca uma aposta num spot em que está atrás, lembre-se que precisará de 2 apostas para voltar a lucrar.  Jogue um poker sólido e tome decisões sábias para ganhar aquelas apostas extra sempre que puder. 

limit texas hold'em

• O Nome do Jogo (e as Blinds): Geralmente, estamos habituados a que um jogo €1/€2 tenha a small blind a €1 e a big blind a €2. No entanto, é diferente num jogo €1/€2 Limit. Esses números representam o tamanho da aposta pequena e da aposta grande, respetivamente, e não o tamanho das blinds. Assim, num jogo €1/€2 de FLHE as blinds são €0.50/€1 e a aposta grande de €2 entrará em jogo nas rondas de apostas do turn e do river, tal como explicado acima.

• Emoção: Jogar No-Limit Hold’em é equivalente a andar numa montanha russa; ter swings de vários buy-ins não é raro, até para os melhores jogadores. Os altos e baixos emocionais podem ser extremamente pesados! Por outro lado, um jogo limit pode ser comparado a um carrossel. As swings não serão, nem de perto, iguais às dos jogos no-limit e tanto os ganhos como as perdas serão mais graduais. Como tal, caso tenha fishes numa mesa de FLHE até poderá ser mais benéfico porque eles não ficam sem dinheiro tão rapidamente como num jogo de NLHE. Da mesma forma, caso não seja experiente, também poderá aproveitar uma sessão mais longa com o seu buy-in quando comparado a uma sessão de No-Limit, onde poderia perder toda a sua stack mais rapidamente.

• Lucros: Os lucros no NLHE focam-se, principalmente, no longo prazo. Através duma amostra consideravelmente grande, os jogadores poderão ver se são ganhadores ou perdedores (a variância acaba por equilibrar). Os ganhos também serão ditados pela manipulação dos pots e certos aspetos cruciais como o tamanho das apostas, street a street. Em jogos limit, os melhores jogadores irão até ao topo simplesmente por fazer ou poupar aquela aposta extra sempre que puderem. Serão as decisões no curto-prazo que farão mais diferença na sua winrate, ao contrário do impacto que a variância tem em jogos no-limit no longo prazo. Tanto em NLHE como em FLHE, é possível ter lucros consideravelmente grandes. Mas, para equilibrar, os limites jogados em FLHE são muito mais altos (o que ajuda a que ganhar 1 aposta grande por hora seja considerável). Quanto aos torneios, apesar de ainda existirem, é bastante raro encontrá-los hoje em dia.

• Implied Odds: Como um jogador pode ir all-in a qualquer momento num jogo de NLHE (com apostas maiores a cada street e de forma exponencial), as implied odds (odds implícitas) são muito importantes, pois existe a possibilidade de tirar o máximo valor da sua mão nas streets finais caso lá chegue. Mas nos jogos limit, as implied odds não são, nem de perto, tão importantes como as odds expressas devido à estrutura limitada de apostas.

• Mãos Iniciais: Como descobrirá na secção de estratégia, as mãos iniciais mais lucrativas em NLHE e Limit Hold’em variam imenso. E isso é reflexo das já mencionadas implied odds. Em NLHE, suited connectors e pares de mão pequenos têm imenso valor em termos de jogabilidade e lucros potenciais por causa das implied odds. Em jogos limit, cartas altas destroem esse género de suited connectors e mãos similares. Contudo, esse tipo de mãos pode, ainda assim, ser jogável em posição em certos pots multi-way (com muitos participantes).

• O Tamanho das Apostas é Irrelevante: Nos jogos Limit, tendo em conta que a estrutura de apostas é fixa, não há informação adicional a recolher sobre a força das mãos quando um jogador aposta (ao contrário de NLHE). Em vez disso, a única informação sobre a mão de alguém é obtida por um jogador apostar/fazer raise ou fazer check/call (mostrando, portanto, agressividade ou passividade).

• Proteger a Sua Mão: De novo, devido à estrutura de apostas fixa proteger a nossa mão e fazer os nossos adversários pagarem pelos seus draws é algo que devemos SEMPRE fazer (caso achemos ter a melhor mão). Mas este tipo de jogada não é tão simples em Limit Hold’em como é em No Limit devido às apostas mais pequenas a que estamos limitados.

• Bluff: Conforme for subindo de limites em jogos limit, reparará que os bons jogadores são capazes de fazer fold em rivers, apesar das odds tremendas que, provavelmente, terão caso façam call. Aliás, é até possível que possam estar a fazer folds em demasia considerando as pot odds que têm para fazer call em determinadas situações. Tendo isso em conta, apesar de bluffs não terem um grande papel em jogos limit, contra os adversários certos e nas situações ideais, mesmo utilizando apostas pequenas (limitadas) relativamente ao tamanho do pot, fazer bluff pode ser +EV. Lembre-se, no entanto, de tornar o bluff sempre credível. A diferença, comparado a NLHE, é o tamanho das apostas e as consequentes melhores pot odds que o adversário terá para fazer call. Por isso, gostaríamos de deixar bem claro que fazer bluffs no river em jogos limit não precisa de funcionar com tanta frequência como em jogos no-limit de modo a ser lucrativo. No entanto, na mesma nota, não é algo que deve ser utilizado com demasiada frequência – apenas nos momentos certos.

• Tamanho das Stacks: Em jogos limit, o tamanho das stacks é (obviamente) irrelevante, porque o tamanho das apostas e número de raises em cada ronda são, geralmente, limitados. Por esse motivo, apenas um determinado número de apostas grandes pode ser, geralmente, perdido numa única mão. Contudo, em no-limit, o tamanho das stacks têm um papel determinante no jogo, tanto na hora de decidir se vamos e quando vamos all-in, como quando estamos a considerar o tamanho das nossas apostas e como proceder nas diferentes rondas de apostas. Ainda assim, existe um certo “poder de intimidação” por parte dum jogador que tenha uma stack grande em ambas as variantes (ex.: imagine o medo que conseguirá impingir aos outros jogadores se estiver sentado numa mesa Limit €1/€2 com uma stack de €10.000 – por pura diversão e porque os buy-ins são, geralmente, ilimitados).

limit texas hold'em

• Win Rates: Devido aos limites mais altos e menor variância, as winrates (em termos de apostas grandes/hora) são geralmente mais pequenas em Limit Hold’em quando comparadas com as de no-limit. Tal como mencionado, em jogos limit, uma winrate respeitável é de 1 aposta grande/hora sendo uma winrate ideal algo entre 1 a 3 apostas grandes/hora. Por outro lado, em NLHE, uma winrate mais alta de 3-5BB/100 mãos online e 5-10BB/hora ao vivo é geralmente desejada e alcançada pelos jogadores mais competentes. É precisamente a winrate mais pequena em jogos limit que torna cada aposta ganha tão valiosa! Subsequentemente, os jogadores de limit devem manter-se constantemente atentos e concentrados ao longo da sessão porque cada aposta ganha ou perdida e cada decisão tomada tem um impacto pesadíssimo naquele que será o seu lucro.

• Número de Jogadores/Popularidade: Apesar de NLHE ser, compreensivelmente, mais popular do que FLHE, ambos os jogos enchem mesas seja ao vivo ou online.

• A Importância do TURN: Ainda que o turn seja uma street importante em ambos os formatos, é ainda mais importante em limit por causa do (marginal, mas importante) número adicional de apostas grandes ganhas caso faça raise no turn comparado a quando o faz no flop. O mesmo princípio pode ser aplicado quando quer fazer 3-bet numa situação pós-flop, caso tenha oportunidade para tal. No geral, ganhar uma aposta extra em limit é super importante para lucrar nesta variante. Contrariamente, em NLHE o turn é para controlar o pot ou prepará-lo para tentar ganhar toda a stack do(s) nosso(s) adversário(s). 

A Estratégia: Como Mais Lucrar

Equity e Pot Odds

Limit Hold’em é um jogo matemático. Apesar de análise de ranges e outras habilidades serem, em parte, importantes (como sempre), a maior parte do jogo gira à volta das estruturas de apostas limitadas e se devemos apostar por valor e proteção ou fazer check para controlar o tamanho do pot.

Tendo isso em conta, ter um extenso conhecimento das poker odds dar-nos-á uma vantagem sobre os nossos adversários. A dependência das implied odds em Limit Poker desce consideravelmente, pois a quantidade de dinheiro que pode ser ganha em streets futuras é, de certa forma, limitada pelas restrições nas apostas. Portanto, odds expressas neste jogo são muito mais comuns e relevantes quando está a fazer cálculos para saber se está a receber o preço certo. Contudo, caso precise de saber se ganhar uma aposta extra fará dum call +EV, é fácil calcular, já que há apenas uma opção para o tamanho das apostas.

Para o ajudar a aprender sobre odds expressas em termos de percentagens, é importante estudar e rever a tabela seguinte para determinar se está, ou não, a fazer calls +EV quando está na mesa.

Número de Outs Probabilidade de Melhorar (em %)  
  Turn ou River Apenas River
1 4.4% 2.2%
2 8.4% 4.3%
3 12.5% 6.5%
4 16.5% 8.7%
5 20.3% 10.9%
6 24.1% 13.0%
7 27.8% 15.2%
8 (open-ended straight draw) 31.5% 17.4%
9 (flush draw) 35.0% 19.6%
10 38.4% 21.7%
11 41.7% 23.9%
12 (flush draw + gutshot) 45.0% 26.1%
13 48.1% 28.3%
14 51.2% 30.4%
15 (straight flush draw) 54.1% 32.6%

NOTA: Um “out” é uma carta que ajuda a sua mão a melhorar para uma combinação superior à do seu adversário. Por exemplo, caso tenha 4-para-flush, há 9 cartas no baralho que o poderão ajudar a completar esse flush. Portanto, tem 9 “outs”.

Esta tabela é um exemplo mais exato de algo chamado “Regra de 2 e 4” que diz que você deve:

  • Multiplicar o número de outs que tem por 4 quando falta virar duas cartas comunitárias;

              E

  • Multiplicar o número de outs que tem por 2 quando falta virar uma carta comunitária.

Estes cálculos servem para determinar a sua equity (equidade) aproximada (probabilidade em percentagem de melhorar a sua mão e ganhar) quando tem um draw. Caso não tenha as percentagens exatas da tabela acima memorizadas, pode utilizar esta regra para o ajudar nestes importantes cálculos quando está nas mesas.

Após determinar a sua equity, é importante relacioná-la com as pot odds que tem de forma a determinar se está a receber o preço certo para fazer call.

A fórmula para determinar as pot odds é a seguinte:

 

formula pot odds

 

Olhemos para este cenário hipotético no turn. Houve:

  • Um raise pré-flop;
  • 2 calls (ambas as blinds fizeram fold);
  • Uma aposta no flop e um call (o outro jogador fez fold);
  • Uma aposta no turn.

Lembre-se que, em Limit Hold’em, as apostas no turn e no river serão do dobro do tamanho das apostas pré-flop e no flop. Assim, em termos de “apostas grandes”, a nossa fórmula deveria ser a seguinte:

1 (aposta no turn) / (1 (aposta no turn) + 3 (PFR e calls) + 0.75 (as blinds fizeram fold) + 1 (aposta no flop/call))

Isto equivale a 1 / 5.75 = 17.4% de equity necessária para um call break-even.

Caso pretenda calcular implied odds (assumindo que acerta o seu draw e pode sacar uma aposta no river ao seu adversário quando lá chega), apenas precisaria de adicionar uma aposta grande à segunda parte da equação. Como resultado, a equity necessária seria 1 / 6.75 = 14.8%.

Portanto, fazer call no turn com um flush draw (19.6%) é correto baseado nas odds expressas, assumindo que o flush em questão será suficiente para ganhar quando é completado e que nenhum dos outs para flush não pode ajudar o adversário a completar uma mão melhor.

É importante estudar as odds de forma a que o aspecto matemático do poker se torne algo inerente ao seu jogo e que seja feito com naturalidade quando está nas mesas. Isso ajudá-lo-á imenso, especialmente em jogos limit onde a sua importância é ainda maior. Relembramos, apesar de óbvio, que quando estiver familiarizado com estes cálculos, deixará de ter desculpas para fazer calls quando não está a receber o preço certo. Lembre-se, faça call apenas quando tem as odds corretas para o fazer!

A Importância da Posição

Apesar disto ser comum a todas as formas de poker, a importância da posição na mesa deve ser reiterada em Limit Hold’em. Ter a capacidade de melhor manipular o tamanho do pot depois de ver os nossos adversários agir é sempre importante para ganharmos mais pots, ter mais lucro e, mais especificamente, ajudar-nos a ganhar aquela 1bb/hora extra que terá um grande impacto na nossa winrate.

Força das Mãos

Em NLHE, uma mão decente deve continuar a ter grande valor após a primeira ronda de apostas pós-flop porque o tamanho das apostas crescerá exponencialmente. Por outro lado, em jogos limit, depois de fazer uma aposta inicial, é geralmente aconselhável ficar na mão até ao river. Ainda assim, não tenha medo de fazer fold caso sinta que está derrotado.

Conheça os Seus Adversários

Em Limit Hold’em, conhecer as tendências dos nossos adversários é extremamente importante. Não há tells relacionadas com o tamanho das apostas à nossa disposição como em jogos no-limit. Em vez disso, temos apenas ações agressivas (apostas/raises) ou ações passivas (checks/calls) para diferenciar o estilo de jogo dos nossos adversários. Consequentemente, saber bem como o(s) nosso(s) oponente(s) específico(s) jogarão certas mãos em relação às opções de apostas simples oferecidas no FLHE ajudar-nos-á a simplificar as nossas decisões e a aumentar o nosso lucro no longo prazo. Isto também mostra como não devemos concentrar-nos apenas na nossa própria mão e jogabilidade, mas também considerar as mãos dos nossos adversários quando estamos a tomar decisões nas mesas de poker.

limit texas hold'em

Aposte por Proteção/Valor

Em jogos limit, os draws terão, geralmente, excelentes pot odds. E é por isso que sempre que acha que tem a melhor mão num determinado momento, deve considerar apostar ou fazer raise por valor. Jogar de forma passiva ao fazer check ou call (dando cartas de borla ao seu adversário) com as suas boas mãos de valor será desastroso, especialmente se considerarmos que os draws também poderão apostar. Se acha que está na frente, jogue de forma agressiva.

Não Se Torne Previsível

De forma a balancear o seu jogo e tornar-se imprevisível, varie a forma como joga certas mãos. Não jogue mãos específicas sempre da mesma forma.

Estratégia de Limit Hold’em: Street a Street

Pré-flop

• Seja Tight: Esta dica é a mais importante na secção pré-flop. Como em todas as formas de Hold’em, desperdiçará dinheiro caso jogue um amplo range de mãos iniciais independentemente da sua posição na mesa e jogadores com quem está sentado. Em vez disso, deve ser mais tight e basear o seu range de mãos iniciais na sua posição na mesa durante a mão. Apesar das apostas não serem exponenciais (e, por consequência, os erros não serem tão óbvios inicialmente), caso jogue demasiadas mãos, colocar-se-á em muitas situações -EV quando comparado aos seus adversários que estarão, simplesmente, a jogar um range de mãos iniciais mais apropriado. Gostaríamos também de sublinhar que adotar uma estratégia tight também será mais lucrativo em mesas onde se joguem mais mãos do que em mesas onde, no geral, os jogadores são tight ou mais competentes. Lembre-se sempre de selecionar a mesa com sabedoria para ajudar a maximizar os seus lucros.

• Mãos Iniciais: Tal como em no-limit, é melhor jogar uma seleção de mãos mais tight em posições iniciais da mesa e um range mais amplo em posição (mais próximo do botão). Posto isto, as diretrizes sobre mãos iniciais são um pouco diferentes das de no-limit por causa da estrutura de apostas limitadas e da quantidade de dinheiro que geralmente se ganha em cada mão. Se só agora está a começar, é recomendado que utilize este guia da Pokerology.com como uma orientação sólida para quais mãos jogar e de que posições em Limit Hold’em.

• Desvios no Range de Mãos Inicial: À medida que a sua habilidade nas mesas for aumentando, o guia mencionado acima deverá ser visto como algo mais amplo e não como uma solução fixa. Deverá variar consoante um determinado número de fatores adicionais, tais como:

  • As tendências gerais dos jogadores na sua mesa;
  • Quantos jogadores estão envolvidos na mão, tanto em termos de (1) quantos estão na mão e (2) quantos já agiram antes de si;
  • As tendências pré-flop dos jogadores que entraram no pot antes de si, tal como em que posição da mesa se encontram;
  • Considerações sobre os jogadores que agirão depois de si;
  • A sua posição na mesa.

Geralmente, quantos menos jogadores houver na mesa, mais lucrativas se tornam as grandes mãos. Para além disso, um range mais amplo de “grandes mãos” pode ser incluído nesta categoria em situações em que estamos contra poucos jogadores. Por outro lado, com muitos jogadores na mão numa mesa cheia (ex.: pot com um raise e muitos calls), fazer call com mãos como suited connectors é excelente porque estas mãos jogam-se muito bem em pots com muitos jogadores envolvidos (multiway).

• Fazer Limp/Call vs Raise: Muitas vezes, por haver mais jogadores envolvidos por mão do que em jogos no-limit, pode ser apropriado fazer open-limp com mãos mais especulativas pré-flop na esperança de ver muitos jogadores participarem na mão (ex.: suited connectors e pares de mão pequenos). Obviamente, continue a considerar as tendências dos seus oponentes e a sua posição. Com mãos que jogam melhor contra menos jogadores, é mais seguro fazer raise para tentar reduzir a quantidade de jogadores no pot.

Para além disso, relembramos que mesmo depois de fazer um investimento inicial em determinado pot (ex.: fazer limp com mãos especulativas), não é obrigatório continuar e ver o flop caso haja múltiplas ações posteriores como um raise e uma 3-bet.

Em casos como esse, é possível que a situação seja desfavorável para continuar baseado na provável força das mãos dos seus adversários comparada com a sua posição e provável desvantagem de equity. O mesmo princípio pode ser aplicado em fazer cold call a 3-bets: quão bem a sua mão jogará pós-flop contra o range provável de alguém que faria 3-bet? Não tenha medo de mandar a sua mão para o muck nas rondas de apostas iniciais caso ache que está bastante atrás.

O Flop

Principais Considerações: A decisão de continuar ou não (e também “como continuar”) depois de ver o flop depende duma série de fatores chave, tais como:
   Número de jogadores que viu o flop;
   A sua posição na mesa no decorrer da mão;
   As tendências dos seus adversários;
   A força da sua mão;
   As possíveis mãos do(s) seu(s) adversário(s);
   A textura do flop e como isto afetará a ação em combinação com os diferentes turns e rivers possíveis.

• Quão Forte é a Sua Mão: A forma como decide agir será bastante afetada pela força da sua mão depois do flop.

   Caso tenha uma mão fortíssima numa board muito seca será, muito possivelmente, vantajoso fazer slowplay (jogar com calma e passivamente) ao fazer apenas call no flop a qualquer possível aposta com o intuito de fazer raise em streets futuras. Esta estratégia tem como objetivo principal manter o máximo de adversários na mão que, muito possivelmente, não estão minimamente fortes num flop com esta textura. Ainda assim, dependendo da situação exata e/ou do quão fraca é a sua “mão forte” (ex.: dois pares), jogar de forma direta (ao fazer c-bet ou até check-raise) com mãos específicas pode ajudar a maximizar o valor extraído. É, também, recomendado apostar ou fazer check-raise com mãos mais fortes como sets caso haja vários draws na board. 

NOTA: Calcule sempre se será +EV fazer raise no flop ou no turn (quando as apostas forem maiores) relativamente às reads que tem dos seus adversários e como espera que eles reajam em cada um dos dois cenários possíveis.

Com boas mãos, como top pair com um kicker forte, poderá adotar uma linha aposta-aposta-??? com alguma frequência e decidir no river como agir, baseado nas tendências dos seus adversários (passivos ou agressivos) relacionadas com a forma como a board desenvolveu.

NOTA: Problemas com o kicker podem-se tornar bastante relevantes em Limit Hold’em. Quererá tentar garantir (ou pelo menos estar consciente desse facto) que tem um kicker decente para acompanhar as suas mãos feitas, caso adote uma linha hiper agressiva de apostar por proteção com mãos como top pair.

Com mãos médias, não será sempre óbvio qual a melhor jogada a adotar. Apostar será vantajoso caso consiga retirar valor de mãos piores tipo 2º e 3º par OU conseguir fazer com que mãos mais fortes (como top-pairs fracos) façam fold (se não for no flop, talvez numa street mais à frente). Jogar agressivamente desta forma e manter-nos na mão também será uma melhor opção que as restantes caso haja menos jogadores no pot. Por outro lado, o check e o fold deverão ser utilizados se achar que o range dum oponente na mão é mais forte do que a sua mão e que, adicionalmente, você não tem equity suficiente E/OU há múltiplos adversários que aumentam a probabilidade de estar dominado. Caso não faça fold a estas mãos no flop e se coloque em modo passivo ao fazer apenas call com mãos marginais, rapidamente dará por si em situações difíceis. Resumindo, normalmente, apostar ou fazer fold com estas mãos médias serão sempre as duas melhores opções.

Para mãos médias mais fortes, como top pairs com kickers fracos, deverá, normalmente, apostar no flop para reduzir o número de jogadores e por valor/proteção e decidir, posteriormente, disparar numa street adicional por valor.

Com draws, poderá ser correto fazer call em Limit Hold’em por causa das pot odds excecionais que estará a receber. No entanto, optar pelo fold, call ou raise dependerá sempre duma multitude de fatores como:

  • A força do seu draw (ex.: o seu draw é para o nuts ou poderá haver mãos melhores mesmo que o complete?);
  • Caso tenha outs adicionais para o seu draw principal (ex.: par + flush draw – neste caso, o seu par pode tornar-se, potencialmente, melhor do que o top pair do seu adversário caso acerte o segundo par). Com estas mãos carregadas de equity, tanto fazer call como raise são, geralmente, jogadas respeitáveis. Mas uma pode ser um pouco +EV do que a outra dependendo da situação exata.
  • Número de jogadores no pot (ainda por agir, tal como aqueles que já agiram).
  • As tendências do(s) seu(s) adversário(s) e como explorá-las de forma a maximizar o valor da sua mão.

Sem uma mão feita, a única forma de ganhar é fazer bluff o que é, geralmente, desaconselhável em jogos limit devido às odds mais altas que os seus oponentes terão. Deverá também ser referido que os bluffs apenas funcionarão quando houver menos jogadores envolvidos num pot (já que é menos provável que um jogador tenha uma mão decente).

• "Como Posso Extrair o Maior Valor?" : Os melhores jogadores de Limit estão sempre a pensar em como podem maximizar os seus ganhos e limitar as suas perdas ao longo de toda a mão. Eles fazem-no ao relacionar a força ou potencial da sua mão com o range provável dos seus adversários e utilizar essa informação para decidir qual a melhor linha de ação. Não jogue sempre a sua mão de forma honesta se houver outra forma de ganhar mais dinheiro ao jogar de forma menos comum.

• Lembre-se do Aumento do Limite das Apostas em Rondas Futuras: As rondas de apostas no turn e no river terão apostas mais valiosas/caras. Lembre-se deste fator quando está a pensar em como agir. Em muitas situações, é provável que raises no turn sejam mais lucrativos do que raises no flop. 

• Tamanho do Pot: Pots maiores terão mais pretendentes, enquanto que pots mais pequenos podem ser, geralmente, ganhos sem grande contestação (ex.: uma board seca em que o mais provável é ninguém ter o que quer que seja).

• Esteja Ciente das Armadilhas: Tenha sempre cautela sobre a possibilidade de armadilhas como os seus oponentes jogarem mãos grandes devagar com o objetivo de maximizar o seu EV numa fase mais avançada da mão. Pense no porquê deles estarem a jogar a mão daquela forma em específico em relação à competência que você acha que eles têm como jogadores de poker.

• Fazer Raise no Flop Para Ver uma Carta Grátis (ou Mais Barata): Caso esteja sentado numa posição mais tardia e todos apostaram ou fizeram call a uma aposta, com um draw suficientemente bom, pode ser vantajoso fazer raise caso ache que os restantes jogadores vão fazer apenas call. Depois, por ter sido o último agressor, é bastante provável que façam check para si no turn permitindo que acabe por fazer check behind caso falhe o seu draw ou que continue a apostar caso acerte. Este movimento é eficaz porque as apostas são mais baratas no flop do que no turn. Se faz raise no flop e pode garantir a possibilidade de ver um river gratuitamente, estará a poupar metade duma aposta grande comparado a fazer call a uma aposta (maior) no turn com o seu draw. Também aumenta a probabilidade de ganhar mais dinheiro nas vezes que completa a sua mão no turn e continua a disparar em posição.

O Turn

• As Apostas Tornam-se Mais Caras: O turn é o ponto de transição numa mão no que toca às nossas decisões. Como o preço aumenta nesta ronda de apostas, é importante começar a fazer folds, caso necessário. Ser uma calling station passiva resulta em desastre. Se tem a melhor mão, retire valor ao apostar ou fazer raise. Se não tem, não tenha medo de fazer fold.

• Maximizar o EV com Mãos Fortes: Caso tenha uma mão forte, é frequentemente correto apostar e ganhar mais valor. No entanto, fora de posição, por vezes pode ser vantajoso fazer check-raise (especialmente com o tamanho de apostas maior); devemos sublinhar, contudo, que isto é dependente da percepção que tem sobre qual será a ação do seu adversário caso você faça check. Ele vai apostar ou responder, também, com um check? Dar uma carta grátis ao fazer check pode ser desastroso principalmente se estiver a perder valor por decidir não apostar.

• Draws: Os draws continuam a ser fáceis de jogar, já que a decisão resultará sempre dum simples problema matemático com apenas uma carta por virar. Tente sempre calcular a sua equity utilizando “outs limpos” (outs que não poderão tornar a mão do adversário numa melhor que a sua simultaneamente). Para além disso, considere a força do seu draw para conseguir estimar com a maior precisão possível se deve, ou não, continuar na mão.

O River

• Apostar por Valor vs. Fazer Check para Induzir: Se acha que é provável ter a melhor mão, então deve optar por apostar a maioria das vezes no river. Mesmo com mãos de menor valor, a fold equity adicional que ganha ao apostar (apesar de pouca em jogos limit), justifica a aposta porque pode acabar por fazer o seu adversário cometer o erro de fazer fold à melhor mão. Noutras ocasiões, especialmente com as suas mãos que tenham algum “showdown value”, fazer check para induzir uma aposta extra do seu oponente (em bluff) pode por vezes funcionar. Tenha apenas noção se o seu adversário é o tipo de jogador com tendência para fazer bluffs no river.

• Os Bluffs Podem Funcionar, Mas Não Devem Ser Sobreutilizados: Devido à frequência da existência de pots grandes no river relativamente às pequenas e limitadas apostas, pode ser difícil ter sucesso a fazer bluffs em Limit Hold’em. Assim, tentar fazer bluffs no river em FLHE é algo que deve ser feito muito raramente. Ao longo dos anos, jogadores de limit foram ensinados a pensar que perder uma aposta adicional não é uma grande tragédia (ex.: caso façam call). Contudo, perder um pot inteiro é (ex.: por fazer fold a uma aposta no river)! Da perspetiva do jogador que está a fazer bluff, no entanto, você deve perceber que bluffs no river não precisam de funcionar tantas vezes como pensa para serem lucrativos no longo prazo. Aliás, suponhamos que o pot é equivalente a 7 apostas grandes e que aposta uma aposta grande. O seu bluff apenas precisa de funcionar pouco mais do que 12.5% das vezes para ser lucrativo a longo prazo. Portanto, com todo este conhecimento, a verdadeira chave para fazer bluff com sucesso é o timing. Tentar acertar em cheio no timing dum bluff, está relacionado com estes fatores principais:

  1. Ter uma imagem tight, o que ajuda a que os seus adversários façam mais folds pois não esperam que faça muitos (ou nenhuns) bluffs;
  2. Fazer bluff quase exclusivamente em pots heads-up, pois é mais fácil depender apenas do fold de um jogador.
  3. Considere como a mão foi jogada, tanto por si como pelo seu adversário. Pergunte a si mesmo se acha que o vilão tem uma mão demasiado fraca para continuar e tente perceber se a sua história faz realmente sentido ou se o seu bluff não passa duma tentativa fútil e de último recurso para ganhar o pot.

• Não Tenha Medo de Fazer Fold: Apesar de ser frequente ter um excelente preço para fazer call a uma aposta no river, há uma diferença entre fazer call a grande maioria das vezes e ser simplesmente uma calling station no river que nunca faz fold. Não se esqueça que aquelas apostas grandes extra que poderá, por vezes, poupar são aquilo que fazem a diferença na winrate dum bom jogador e na dum excelente jogador! Use as suas capacidades de leitura e informação sobre o seu adversário para saber quando tem de fazer aquele fold difícil.

Sabemos que vai, provavelmente, fazer call no river a maioria das vezes, mas não pode ser SEMPRE.

Conclusão

Embora haja, certamente, complexidade nas regras e estratégias de Limit Hold’em, o jogo é simples de jogar e tem muitas qualidades positivas, especialmente se for novo no poker:

  • Jogos Limit ajudam-no a evitar perder toda a sua banca rapidamente devido às estruturas de apostas limitadas e, por consequência, permitem que jogue sessões mais longas;
  • Não tem de se preocupar com conceitos estratégicos difíceis e específicos a NLHE – sendo uma das maiores preocupações o tamanho das apostas nas diversas situações;
  • Jogos Limit permitem que se familiarize com os conceitos básicos do poker (como pot odds e cálculos matemáticos simples) num cenário mais fácil do que um jogo no-limit.

Apesar da popularidade do Limit Hold’em ter diminuído ao longo dos últimos anos, é certamente possível tentar a sua sorte e aproveitar as vantagens desta variante intemporal!

Sobre o Autor
Por

Amante e jogador de poker, Frederico traz temas de interesse sobre a modalidade para o nosso blog. Artigos sobre estratégia, dicas, notícias ou simples curiosidades marcarão presença assídua aqui, na 888Poker.

Artigos Relacionados
4 Passos Para Tornar Anaconda Poker no Favorito do Seu Home Game

Anaconda Poker - Como Jogar

4 Dicas da Vivi Saliba para Lidar com Bad Runs no Poker!

Vivi Saliba - Lidar com Bad Runs

Costuma Jogar Alguma das 7 Piores Mãos Iniciais no Poker?

As 7 Piores Mãos do Poker

Como Jogar 8-Game Mix Poker?

8-Game Mix - Como Jogar?

12 Dicas para Jogar No-Limit Texas Hold'em!

12 Dicas Sobre Texas Hold'em!

Vivi Saliba, da Team888, Revela Tudo Sobre Tells no Poker!

Vivi Saliba - Tells no Poker

O Que Significa Middle Position no Poker?

Middle Position - A Definição

12 Razões para Fazer Shove no Poker

Shove - 12 Razões Para o Fazer

Como Jogar Stud Hi-Lo 8 or Better

Stud Hi-Lo 8 or Better

Aprenda Como Transformar Par de Duques Numa Mão de Valor!

Par de Duques - Como Jogar