A 888poker escolhe os 7 melhores jogadores de poker de todos os tempos. Siga-nos nesta jornada e veja se concorda, ou discorda, com as nossas escolhas de Topo. Seja jogador de poker online, de poker ao vivo (como as WSOP) ou de ambos como muitos dos jogadores que fazem parte da lista de melhores jogadores online, esta é uma lista não perder! E se tem curiosidade em saber quem são os jovens prodígio que poderão constar desta lista no futuro, passe pelo artigo que lista 7 dos miúdos maravilha do poker atual.

Os 7 melhores jogadores de poker são:

1.  Justin Bonomo - ZeeJustin
2.  Doyle Brunson – Texas Dolly
3.  Johnny Moss – O Avô do Poker
4.  Phil Hellmuth – The Poker Brat
5.  Phil Ivey – O Tiger Woods do Poker
6.  Stu Ungar – The Comeback Kid
7.  Daniel Negreanu – Kid Poker
8.  Bryn Kenney – Um Fenómeno

Escolher os melhores jogadores de poker de todos os tempos não é tarefa fácil. Houve certamente, um vasto número de jogadores que se destacaram tanto do ponto de vista histórico como em termos de jogo moderno.

Os critérios podem abranger vários pontos principais: títulos importantes, ganhos em dinheiro, longevidade - a lista pode continuar indefinidamente.

Com tudo isto em mente, aqui estão sete dos melhores jogadores da história do poker sem nenhuma ordem específica.

 
Justin Bonomo - ZeeJustin

Uma força dominante no jogo moderno, Bonomo supera todos os jogadores em ganhos em dinheiro com $44,6 milhões. Os seus ganhos não acontecem somente em torneios high roller com as apostas mais altas do jogo, como também contra alguma da melhor concorrência.

Em junho de 2018, ele ganhou o $10.000 Heads-Up No-Limit Hold'em Championship na World Series of Poker (WSOP) com $185.965. Foi a sua segunda bracelete no WSOP torneio e veio apenas alguns dias depois de ganhar o Super High Roller Bowl de $300.000 por $5 milhões.

Se estas vitórias não bastassem, a sensação do poker de 33 anos seguiu a sua vitória com a bracelete com mais uma outra. Bonomo venceu o $1 Milhão Big One for One Drop no WSOP, por $10 milhões.

Em Abril de 2019, os seus ganhos já ascendiam aos $1,1 milhão. Justin continua a destacar-se.

Com um intelecto aguçado para o jogo, Bonomo encontra sucesso contra alguns dos melhores jogadores do mundo. No heads-up, parece invencível, vencendo 18 grandes torneios desde 2016.

Essa série de vitórias também inclui inúmeras outras aparições na mesa final. Não é um jogador com o qual se queira cruzar.

 

Doyle Brunson – Texas Dolly

No que diz respeito a longevidade, nenhum jogador faz isso melhor do que Brunson. Aos 85 anos, ele ainda joga em alguns dos maiores jogos a dinheiro do mundo. As suas proezas em jogos a dinheiro incluem lições bem aprendidas com os antigos jogos de estrada do Texas e os jogos de poker em Las Vegas. O sucesso nos torneios também é incomparável para a maioria - destacado com 10 braceletes da World Series of Poker, incluindo o Main Event duas vezes, 1976 e 1977.

Em 2018, Brunson chegou à mesa final da WSOP aos 84 anos. A sua longa carreira no poker também inclui um recorde como o vencedor mais antigo de um evento do World Poker Tour quando ganhou o Legends of Poker no Bicycle Casino em 2004, aos 71 anos.

Regular em jogos a dinheiro na televisão, Brunson é um dos jogadores mais reconhecidos no poker. Os seus ganhos em torneios de carreira de $6,2 milhões podem ser pequenos em comparação com os seus ganhos em jogos a dinheiro. O seu instinto para o jogo vem de uma mente afiada, sensação natural para o jogo e também a visualização de milhares de mãos de poker.

Para além de ser um jogador de primeira linha, Brunson é um autor aclamado e o seu livro de estratégia de poker, Super/System: A Course in Power Poker, revolucionou o jogo. Ele tem um raciocínio rápido e é bastante ativo no Twitter com posts frequentes.

Um ídolo para muitos e um cavalheiro na mesa de poker, Brunson foi introduzido no Hall da Fama do Poker em 1988.


Johnny Moss - O Avô do Poker

Embora o poker tenha progredido imenso desde os primórdios do WSOP, Moss era obviamente considerado o melhor jogador da mesa. Havia apenas sete jogadores naquele primeiro evento no Binion's Horseshoe em 1970, mas os seus colegas jogadores votaram em Moss como campeão.

Um ano depois, o formato do torneio foi introduzido. Moss ganhou também esse ano e conquistou o seu terceiro título no Main Event em 1974. Moss terminou a sua carreira no poker com nove braceletes no WSOP e $1,25 milhão em ganhos em torneios.

Como Brunson, Moss era um jogador de estrada do Texas, e os seus ganhos em dinheiro são desconhecidos. Ele criou uma carreira impressionante nas mesas, no entanto, encontrar ambientes com muito dinheiro não era tão fácil como é agora.

Moss entrou no Hall of Fame em 1979 e faleceu em 1995 aos 88 anos. Alguns dos pioneiros do jogo e seus contemporâneos, recordam-no como um forte adversário que não tinha medo de agressão.


Phil Hellmuth – The Poker Brat

Ame-se ou odeie-se, é preciso uma habilidade significativa para ganhar 15 braceletes no WSOP e acumular quase $23 milhões em ganhos em torneios. Hellmuth é também a única pessoa a ganhar um título no Main Event das WSOP (1989) em Las Vegas e um Main Event no WSOP (2012) na Europa. Em 1993, Hellmuth teve um verão espetacular ao ganhar três braceletes.

No WPT, Hellmuth tem cinco participações na mesa final. Ainda não adicionou seu nome à Champions Cup, mas chegou perto em 2017 quando terminou em segundo lugar no Legends of Poker no Bicycle Casino. Nos últimos anos, um título no WPT tornou-se num dos seus objetivos.

Junto com seus títulos e ganhos, Hellmuth é autor de vários livros mais vendidos e participante regular de cash games na televisão. Brincadeiras à mesa, o "Poker Brat" permanece não apenas um dos maiores nomes do poker, mas também um dos jogadores mais difíceis com uma visão brilhante do jogo.


Phil Ivey – O Tiger Woods do Poker

Tendo crescido perante a cena do poker em Atlantic City, Ivey jogava regularmente até 15 horas por dia em jogos no Taj Mahal e Tropicana com uma identidade falsa. Inspirado pelos jogadores que ganharam a vida no jogo, Ivey levou o jogo a sério e manteve um diário sobre jogadores, mãos e situações para afinar o seu jogo.

Aos 21 anos, a sua primeira grande vitória no poker profissional aconteceu no primeiro Jack Binion World Poker Open por $53.297. Em Maio de 2000, ele ganhou a sua primeira bracelete no WSOP aos 23 anos por $195.000. Seguiram-se mais mesas finais e vitórias anos seguintes. Em 2002, ele teve um verão monstruoso no WSOP, ganhando três braceletes - selando a sua reputação como o jovem jogador mais promissor do jogo.

Quando o World Poker Tour estreou em 2003, Ivey também obteve sucesso lá. Ele terminou em segundo lugar, atrás da lenda do poker Dave “Devilfish” Ulliot no primeiro WPT Championship por $290.130. De 2002 a 2007, ele teve oito participações na mesa final com uma vitória no L.A. Poker Classic por $1,6 milhão.

Depois de dominar o jogo durante anos, Ivey tem agora mais de $26 milhões em ganhos em torneios ao vivo, é regular em jogos a dinheiro com apostas altas e tem 10 braceletes nas WSOP.

É um adversário feroz, tendo muito respeito e admiração por entre os seus colegas.

 

Stu Ungar - The Comeback Kid

Uma das histórias mais tristes do poker, Ungar era imensamente talentoso na mesa, mas lutava com os demónios no jogo da vida. Um dos únicos dois jogadores a vencer o Main Event da WSOP três vezes, junto com Moss, ele também foi um dos únicos quatro jogadores a conquistar o título consecutivo, juntamente com Moss, Brunson e Johnny Chan.

Excelente jogador de outros jogos de cartas como gin rummy, fez mais tarde a transição para o poker e era um magnífico jogador no poker. Em 1980, tornou-se o jogador mais jovem a vencer o Main Event na época.

Ungar venceu o Main Event novamente em 1981 e também em 1997. Em Novembro de 1998, foi encontrado morto num hotel barato em Las Vegas. A causa da morte foi uma condição cardíaca atribuída ao uso contínuo de drogas. Praticamente não tinha dinheiro e os amigos apareceram para financiar o seu funeral.

Depois de terminar a sua carreira com $3,7 milhões em ganhos em torneios e cinco braceletes no WSOP, Ungar foi postumamente introduzido no Hall da Fama do Poker em 2001. Amigos e colegas recordam um jogador que tinha um sexto sentido para as cartas, que fazia uso de um poker agressivo implacável para derrotar os seus adversários.


Daniel Negreanu – Kid Poker

Segundo em relação a Bonomo, na lista de dinheiro da carreira, Negreanu é o maior nome do poker e um dos jogadores mais vencedores da história do poker. Em mais de duas décadas, o "Kid Poker" acumulou quase $40 milhões em ganhos em torneios ao vivo. Isso inclui vitórias em alguns dos maiores palcos do jogo - WSOP, WPT e os principais cash games televisionados.

Com uma habilidade única de deduzir as cartas dos seus adversários, Negreanu tornou-se um favorito para os fãs, não apenas pelas suas habilidades na mesa, mas também pela sua personalidade gregária. Negreanu tem inúmeros destaques na carreira, e isso inclui ganhar cinco braceletes no WSOP e dois títulos no WPT. Ele tem a distinção de ganhar o prémio Jogador do Ano WSOP 2004 e o mesmo título no WPT em 2004-05 (Temporada III). Este é um jogador sempre presente no topo da all time money list poker.

Sempre rápido com uma opinião, Negreanu tem sido uma das vozes mais importantes do jogo. Isso inclui uma presença substancial em vlogs, podcasts, redes sociais, publicação e muito mais.

Até pode ser muito visto nos mídia, mas Negreanu é mais do que apenas uma personalidade. As suas habilidades na mesa fazem dele um dos melhores.

 

Bryn Kenney

Não seria de todo justo falar nos melhores jogadores de poker do mundo e não mencionar Bryn Kenney, um americano que conquistou um dos mais cobiçados trofeus, o nosso acarinhado WSOP em 2014 (aliás foram sete as mesas finais que conseguiu até ao momento neste torneio de campeões).

Mas não é apenas esta vitória que marca uma carreira de sucesso, ao longo dos últimos 13 anos Kenney conseguiu um impressionante currículo no que diz respeito a ganhos de poker. No Triton Million em 2019, este entusiástico jogador arrecadou nada menos do que 20.5 milhões de dólares pela conquista de um terceiro lugar neste torneio. Ao longo destes anos somou mais de 50 milhões de euros em ganhos e tem sido claro um avido promotor do jogo online e offline.


Antes da sua transição para o mundo do poker, Bryn jogava um dos mais populares jogos de cartas, Magic The Gathering, e este jogo foi sem dúvida um excelente percursor estratégico para o poker que joga hoje em dia. 
 

 

Conclusão

Todos têm uma opinião sobre quem são os melhores jogadores de poker, e sem dúvida, existirá sempre muitas divergências. No entanto, esta lista apresenta alguns dos grandes nomes do jogo do passado até ao presente. O importante é jogar e claro aprender algo com cada um destes grandes nomes na mesa de poker e encontrar a melhor mão a cada rodada. Alguns procuraram o dinheiro, outros a vertente educacional, outros inspiraram até se tornarem lendas, mas no poker todos seguimos um caminho muito próprio como se pode ver nesta lista. Inspire-se nela e aproveite as promoções de poker para solidificar o seu jogo.

 

 
Sobre o Autor
Por

Sean Chaffin é um escritor freelancer em Crandall, Texas. O seu trabalho surge em vários websites e publicações. Siga-o no Twitter @PokerTraditions. É também o apresentador do podcast True Gambling Stories, disponível no iTunes, Google Play, TuneIn Radio, Spotify, Stitcher, PokerNews.com, HoldemRadio.com e outras plataformas.

Artigos Relacionados
Quem São Os 15 Melhores Jogadores de Poker Online do Mundo?

Jogadores Online - O Top 15

Stu Ungar - A Lenda

Stu Ungar - A Lenda

All time money list de poker - Os mais Vencedores

All Time Money List- Vencedores

Diogo Veiga

Diogo Veiga - Jogador de Topo

Os melhores jogadores de poker portugueses

Melhores jogadores de poker portugueses