Aviso: O conteúdo aqui apresentado tem uma finalidade exclusivamente informativa sobre um tipo específico de jogo e como jogá-lo. O objetivo deste conteúdo não é nem promover nem disponibilizar um tipo de jogo, mas simplesmente informar o jogador acerca de como jogá-lo.


Se a big blind é considerada a primeira aposta numa mão de poker, quando alguém faz um open raise, então esse será considerado uma 2-bet. Após isso, um re-raise será denominado por 3-bet (a terceira aposta) e se alguém acaba por fazer re-raise a essa 3-bet, então esse re-raise será visto como uma 4-bet (e por aí em diante).

As 4-bets focam-se, principalmente, em situações pré-flop. Neste artigo, encontrará toda a informação necessária sobre 4-bets, incluindo estratégia geral para as colocar em prática, tamanhos de 4-bet recomendados, como continuar a jogar pós-flop após 4-bet pré-flop e muito mais.

Veja a entrevista de Kara Scott a Martin Jacobson sobre 4-bets:


Índice

  1. Estratégia Básica de 4-Bet
  2. Posicionamento dos Jogadores
  3. Exploratória vs Balanceada
  4. Ranges de 4-Bet (Polarizados vs Despolarizados)
  5. Candidatos a Bluff
  6. Situações Baseadas em Frequências vs Ranges Concretos
  7. Cold 4-Bet
  8. 4-Bet vs Cold Call a 3-Bet
  9. Estatísticas Online para Utilizar
  10. Jogar vs. 4-Bet
  11. Estratégia Pós-Flop: Pots em 4-Bet
  12. Sumário: Dicas Gerais Sobre 4-Bet


Estratégia Básica de 4-Bet

Para começar, é importante compreender as principais razões para fazer 4-bet com uma mão:

1. Por Valor: Para extrair valor de mãos piores;

2. Fazer Bluff: Para balancear o nosso range de valor de forma a que não nos tornemos exploráveis por apenas fazer 4-bet com mãos premium;

3. Para Roubar o Pot: Há, frequentemente, bastante “dinheiro morto” naquilo que pode ser ganho através de 4-bets, tal como quando há vários jogadores já envolvidos na mão e pensamos que o jogador que fez 3-bet está fraco e fará, muitas vezes, fold.

4. Negação de Equity: Similar ao ponto anterior. Se conseguirmos fazer com que o nosso adversário faça fold pré-flop depois de fazermos 4-bet, realizamos 100% da equity da nossa mão e, simultaneamente, negamos a equity ao nosso adversário.

5. Isolar Adversários: As mãos manterão a maior quantidade de equity pré-flop quando conseguir envolver-se num pot heads-up com um adversário. Ases, por exemplo, poderão ganhar cerca de 25% das vezes quando estão envolvidos num pot com 6 jogadores, mas ganharão cerca de 80% das vezes contra apenas um jogador.

De seguida, de forma a dominar os princípios estratégicos da 4-bet, o aspecto mais importante é definir um range de mãos com que o vilão poderá estar a fazer 3-bet.

NOTA: Há muitas, muitas variáveis em situações à volta das 4-bets, tal como posição, tipo de vilão, tamanho da 4-bet, tamanho das stacks etc. Aborde sempre cada situação de 4-bet com flexibilidade para ajudá-lo a adaptar-se a todas estas variáveis, que continuarão a ser discutidas ao longo deste artigo.

Comece por colocar a si mesmo duas questões e depois responda:

1. Com que range de mãos o vilão está a fazer 3-bet? Esta resposta dependerá fortemente do tipo de jogador e da posição dos jogadores numa mão de poker (aprofundado no próximo capítulo).

2. Com que range de mãos o vilão continuará vs a nossa 4-bet (seja ao fazer call à 4-bet ou ao fazer 5-bet)? A resposta a esta questão ajudará a determinar qual o nosso range de 4-bet tal como quantos bluffs deverá incluir:

  • Se fizer 4-bet com uma mão que é melhor do que o range contínuo do vilão, estará a fazer 4-bet por valor.
  • Se fizer 4-bet com uma mão que é pior do que o range contínuo do vilão, estará a fazer 4-bet por bluff.
     

range 4-bet


Suponhamos que o seu adversário faz 3-bets com um range muito curto, mas polarizado de QQ+, AK por valor e A2s-A5s como bluff. Assim, se fizer open-raise com TT (10-10) ou JJ nestas circunstâncias (assumindo que fazer fold está fora da equação), que opção é a melhor – fazer call ou 4-bet?

Nesta situação, fazer 4-bet não tem qualquer mérito, porque o vilão apenas ficará na mão com um range melhor que o seu (independentemente de fazer call ou 5-bet) com QQ+ e AK, tendo em conta que fará fold aos seus ases suited pequenos face a uma 4-bet.

Portanto, um aspecto crucial sobre 4-bets é analisar se fazer 4-bet com mãos específicas manterá mãos piores suficientes na mão para tornar esse movimento lucrativo. 

Posicionamento dos Jogadores

A posição dos jogadores ativos na mão com certeza terá um papel importante nos ranges de 4-bet.

Por exemplo, se alguém fizer 3-bet contra um raiser UTG – tendo em conta que o range de raise UTG será o mais tight de todas as posições – o range do jogador que faz 3-bet deverá ser, consequentemente, muito mais tight do que o normal. Se for esse o caso, então um jogador que faz 4-bet nesta situação deverá ter um range extremamente curto de mãos de valor e apenas uma quantidade mínima de bluffs (ou até nenhum).

Por outro lado, se o botão fizer raise first-in (normalmente um range bastante amplo composto de 35% a 100% das mãos) e um jogador na small blind fizer 3-bet (que pode fazer 3-bet com um range amplo vs o range amplo do botão), proporcionalmente, o range de 4-bet da big blind também pode e deve incluir uma grande variedade de mãos.

Concluindo, situações de 3-bet com um range amplo pedem ranges de 4-bet também amplos; por outro lado, situações de 3-bet com ranges mais curtos, pedem ranges de 4-bet ainda mais curtos.

Para além disso, o número de bluffs que devem ser incluídos nesses mesmos ranges dependerá da tendência do vilão para fazer fold face a uma 4-bet depois de fazer 3-bet.

Estratégia: Exploratória vs Balanceada

Há dois tipos principais de estratégias que podem ser utilizadas no poker:

Balanceada: Neste tipo de jogo, implementamos uma estratégia inexplorável (com base em ter o número correto de bluffs para o número de value bets em qualquer situação, defender baseado nas Frequências Mínimas de Defesa (MDF) etc.). No fundo, o lucro virá dos erros dos nossos adversários.

Exploratória: Nestas situações, desviamo-nos duma estratégia GTO para maximizar os nossos ganhos com base em contrariar as tendências mais fracas dos nossos adversários. Este estilo será o mais comum que deverá ser utilizado pela maioria dos jogadores de poker, pois muitos jogadores terão algum tipo de leaks (problemas) no seu jogo.

Assim, quando fazemos 4-bets, é importante saber quais destas estratégias queremos utilizar.

Seguem alguns exemplos:

1. Se um bom jogador fizer 3-bet ao nosso open raise com um range de mãos padrão para a situação em causa, então devemos fazer 4-bet de forma apropriada, utilizando uma estratégia GTO.

2. Se um jogador agressivo que gosta de jogar muitas mãos fizer 3-bet com um range de mãos demasiado amplo, podemos contrariar este movimento utilizando uma abordagem exploratória expandindo as mãos de valor do nosso range de 4-bet.

3. Se um nit fizer 3-bet contra nós, podemos reduzir as nossas mãos de valor no range de 4-bet para apenas Ases e Reis, fazendo call com todas as outras mãos desde que tenhamos pot odds adequadas ou odds implícitas.

4. Se um jogador tiver uma percentagem de 3-bet alta e uma percentagem de fold a 4-bet após 3-bet também alta, podemos adicionar muito mais bluffs ao nosso range de 4-bet, porque retemos uma boa fold equity contra eles.

Saber se devemos incluir alguns bluffs num range de 4-bet para além de quantos combos de 4-bet bluff devemos incluir, resume-se muitas vezes a usar uma abordagem exploratória (já que uma estratégia GTO seria sempre bem equilibrada, usando talvez dois ou três combos de valor por cada combo de bluff).

Uma boa regra básica deste género de estratégia para ter em mente centra-se em saber quantas vezes o vilão fará fold depois de fazer 3-bet:

  • Se este número for maior do que 60%, podemos e devemos fazer 4-bet em bluff mais livremente.
  • Se este número é menor do que 40%, devemos focar as nossas 4-bets mais em mãos de valor.

Ranges de 4-Bet (Polarizados vs Despolarizados)

Ter um range de mãos polarizado significa que ou tem uma mão muito forte ou um bluff (um range de QQ+, AK, A2s-A5s é um excelente exemplo dum range polarizado).

Um range despolarizado é aquele que inclui menos bluffs, mas normalmente tem como objetivo ser composto de mais mãos fortes.

Quando estamos a criar um range de mãos e uma estratégia para 4-bet, é importante considerar ambas as opções e saber qual delas usar com base nas tendências do nosso adversário.

Sizing de 4-Bet:

Um tamanho de 4-bet típico estará algures entre 18 a 25 big blinds. A quantidade exata depende dum número de fatores:

1. Tamanhos das stacks;
2. Tamanho do open-raise;
3. Tamanho da 3-bet;
4. Posição;
5. Número de jogadores que fizeram call ao open-raise;
6. Número de jogadores que fizeram call à 3-bet.

Normalmente, uma 4-bet deveria ser cerca de 2.25x o tamanho da 3-bet. Portanto, assumindo que fizemos open-raise para 3bb e o vilão fez 3-bet para 10bb, um bom tamanho para a nossa 4-bet seria de 22.5bb no total.

Com Posição vs Sem Posição

É comum os jogadores apenas dobrarem o tamanho da 3-bet quando estão a fazer 4-bet em posição e aumentarem para 2.25x quando não têm posição. Esta estratégia também é bastante aceitável.

Tamanhos das Stacks

Se estiver a considerar fazer 4-bet para um valor igual a 1/3 da sua stack, mais vale simplesmente ir all-in. Porquê?

  • Terá, quase sempre, de fazer call a um 5-bet shove se o seu adversário decidir ir all-in devido às pot odds de 2 para 1 que irá receber;
  • Poderá ganhar mais fold equity pré-flop ao fazer shove, permitindo que realize toda a equity da sua mão;
  • Jogar pós-flop com as restantes fichas poderia ser bastante complicado, caso o vilão apenas fizesse call à sua 4-bet.

Considerar Jogadores Adicionais

Normalmente, deverá considerar a quantidade de jogadores que fizeram call para poder adicionar um pouco mais de fichas ao tamanho típico da sua 4-bet (2.25x). No entanto, por vezes, o tamanho da 3-bet do vilão já considera estes jogadores. Nesse caso, pode remeter-se ao tamanho padrão das suas 4-bets.

Sizings: Bluff vs Valor

Alguns jogadores fazem 4-bet para tamanhos que nunca utilizariam se estivessem a fazer bluff. Isto facilita bastante a tarefa de jogar contra eles quando fazem re-re-raises porque o tamanho da 4-bet que utilizam acaba por identificar o tipo de mão que têm. 

Certifique-se de escolher sempre um tamanho de aposta e/ou de raise que utilizaria se estivesse a fazer bluff na mesma situação. Esta estratégia ajudá-lo-á a esconder a força da sua mão e manter os seus adversários no escuro.

Tamanhos Relativos de Stacks

Considere sempre o tamanho relativo de cada stack, tanto a nível do jogo pós-flop (rácio de stack para pot) como para fazer considerações sobre 4-bets. Se tiver uma stack de 200bb a 300bb, pode negar mais equity (odds implícitas) ao fazer 4-bet para um tamanho maior do que o normal, por exemplo.
 

4-bet


Candidatos a Bluff

A eficácia dum 4-bet bluff estará no nível máximo contra (1) jogadores LAG (loose aggressive) que fazem 3-bets com ranges amplos e (2) quando o raiser inicial e/ou o jogador que fez 3-bet estão ambos em posições mais tardias da mesa e, portanto, terão ranges mais amplos do que o normal.

Em termos de que mãos são boas candidatas para bluff, três fatores principais devem ser levados em consideração:

1. Blockers: Com um Ás, por exemplo, bloqueamos o número de combinações de mãos fortes (como AA e AK) que o nosso adversário poderá ter: 6 combos de AA ficam reduzidos a 3, e 16 combos de AK ficam reduzidos a 12.

2. Importância da Realização da Equity: Este fator resume-se à jogabilidade pós-flop da nossa mão. Por exemplo, 87s jogará muito melhor do que A8s.

3. Cobertura da Board: Em certos ranges de 4-bet, incluir alguns suited connectors como o 87s ajuda bastante na cobertura da board. Se estivermos a fazer 4-bet apenas com QQ+, AK e A2s-A5s, por exemplo, e a board virar 7-8-9 rainbow, fazer c-bet e levar raise poderá colocar-nos numa situação difícil porque o nosso range nunca conecta com este tipo de board.

Ases pequenos suited (ex.: A2s a A5s) normalmente funcionam bem em 4-bet bluff porque podem manter uma equity decente contra um range de call. Estas mãos têm, também, uma jogabilidade pós-flop bastante decente, com a capacidade de fazer top pair, sequências e nut flushes.

Adicionalmente, tal como mencionado, elas bloqueiam combos fortes de AA e AK que não queremos que o nosso adversário tenha.

Em situações que se desenrolam no início da mesa (EP), AQo também pode ser um excelente candidato para fazer bluff; é forte demais para fazer fold, mas também demasiado fraco para fazer apenas call. Para além disso, também bloqueia Ases e AK e terá boa equity contra um range de 3-bet/call que poderá conter mãos como 99, TT e JJ.

Situações Baseadas em Frequências vs Ranges Concretos

Os Solvers normalmente defendem que se tome decisões baseadas em frequências quando estamos a jogar, em vez de utilizar uma metodologia rígida do tipo “jogar esta mão desta forma 100% das vezes”.

Por exemplo, numa determinada situação, talvez fazer 4-bet com par de Ases 80% das vezes e call 20% das vezes.

Esta jogada pode ser vantajosa porque ajuda a fortalecer o nosso range quando apenas fazemos call à 3-bet e, consequentemente, tornará mais difícil jogar contra nós nestas situações.

Cold 4-Bet

O termo cold 4-bet é utilizado para descrever o movimento de fazer 4-bet quando não temos dinheiro/fichas investido no pot. Por exemplo:

"O jogador UTG faz raise para 300 fichas e o jogador no hijack decide aumentar a parada com uma 3-bet para 900. Assim que a ação chegou ao jogador no botão, este não perdeu tempo e fez imediatamente uma cold 4-bet para 2025 fichas."

Este movimento é uma ferramenta poderosa que devemos ter no nosso arsenal. Normalmente, parecerá extremamente forte e, portanto, tem um grande potencial para obter folds se os nossos adversários tiverem ranges demasiado amplos.

4-Bet vs Cold Call a 3-Bet

Os Solvers defendem que num pot em 3-bet, se a ação chega a nós nas blinds e pretendemos jogar, fazer cold call nunca deverá ser opção. Em vez disso, sempre que quisermos disputar o pot nestas circunstâncias, fazer cold 4-bet deverá ser a única opção.

Em certas situações, especificamente contra jogadores fracos com stacks grandes e que tenham tendências muito exploráveis, fazer cold call a uma 3-bet (normalmente em posição) pode ser uma jogada +EV.

Contudo, geralmente, fazer cold call a uma 3-bet deverá ser evitado, por algumas razões:

1. O nosso range acaba por ficar transparente (algo como AJs, AQ, 99-JJ), já que normalmente faríamos 4-bet com mãos mais fortes do que esta e fold com mãos mais fracas.

2. Estaríamos a dar ao raiser inicial excelentes odds para continuar na mão se fizermos cold call à 3-bet, o que resultaria numa redução da nossa equity.

3. Abrimos a possibilidade que um jogador à nossa esquerda que ainda não tenha agido faça squeeze;

4. Ao fazer cold call, apenas podemos ganhar pós-flop, pois não há qualquer fold equity pré-flop após o nosso call.

Estatísticas Online para Utilizar

Quando estamos a jogar poker online, algumas stats comuns que podemos utilizar no nosso HUD para nos ajudar a construir ranges de 4-bet eficazes são:

  • Fold a 4-bet após fazer 3-bet
  • % 4-bet
  • % 3-bet
  • % 3-bet (por posição)
  • % 3-bet (vs. posição)
  • Fold a c-bet em pots jogados em 4-bet

Jogar vs. 4-Bet

Se levarmos 4-bet pré-flop depois de fazer 3-bet, devemos ter em mente as excelentes odds para fazer call – normalmente a rondar os 3 ou 3.5 para 1, o que significa que precisaremos de cerca de 25% a 30% de equity contra o range de 4-bet do vilão para o nosso call ser lucrativo.

Como tal, isto significa que devemos estar dispostos a ver um flop com uma certa frequência, tendo em conta as excelentes odds. Mas não devemos hesitar em largar a mão pós-flop se não conectarmos decentemente com a board.

Estratégia Pós-Flop: Pots em 4-Bet

Esta secção terá como alvo os cash games, onde as stacks de fichas são maiores e, portanto, o jogo pós-flop tornar-se-á mais comum.

• Ranges Limitados vs Ilimitados: Quando fazemos 4-bet pré-flop, normalmente teremos um range ilimitado, que consiste em todas as mãos mais fortes como QQ+ e AK. Quando o nosso adversário apenas faz call à 4-bet, o mais provável é não ter estas mesmas mãos no seu range. Caso tivesse, possivelmente faria 5-bet. Tendo isto em conta, poderemos normalmente atacar boards Ás-alto e Rei-alto de forma um pouco mais liberal (mesmo com apostas pequenas), pois irão conectar, em teoria, melhor com o nosso range do que com o do vilão.

• Situações Muito à Frente / Muito Atrás: Nestes cenários, como ter A5s em A-4-2, é geralmente melhor fazer check no flop. Estamos a dominar os pares médios do vilão que apenas poderão melhorar com dois outs; temos um gutshot e o nosso adversário poderá até estar na frente com um Ás melhor. Para além disso, se apostarmos e o vilão fizer raise, dificilmente ficaremos contentes com a situação. E se apostarmos no flop e fizermos shove no turn, também não ficaremos nada contentes se levarmos call, pois geralmente isso apenas aconteceria com mãos melhores do que a nossa.

• Tamanhos das C-bets: Utilizar c-bets pequenas com grande parte do nosso range de 4-bet (ex.: 25% do pot) dar-nos-á uma excelente negação de equity e permitirá continuar em futuras streets por um excelente preço quando estamos a fazer bluff. Também é aconselhável utilizar estes sizings se quisermos jogar turns e rivers com um pouco mais de fold equity, pois manterá o rácio de stack para pot em boas condições.

Sumário: Dicas Gerais Sobre 4-Bet

Em jeito de sumário, tenha em mente estas dicas para jogar pots em 4-bet da melhor forma possível:

Os ranges nunca devem ser fixos. Deve adaptá-los às diferentes variáveis em jogo.

Pense sempre naquele que poderá ser o range de mãos do jogador que fez 3-bet, com base na sua posição, no tipo de jogador e nas estatísticas do HUD.

Considere quantos bluffs deverá incluir no seu range de 4-bet, com base tanto na estatística de “fold a 4-bet” como em quantas mãos de valor estará a adicionar.

Considere a forma como deverá fazer ajustes exploratórios aos seus ranges de 4-bet.

Lembre-se sempre da importância do tamanho das apostas e das stacks, dos rácios de stack para pot pós-flop e se tem, ou não, posição na mão.

Muitas vezes, fazer c-bets pequenas em boards de uma determinada textura será muito mais eficiente do que apostar grandes quantidades de fichas e ficar pot committed, especialmente em pots em 4-bet.

Certifique-se de que, para além das notas pós-flop sobre os seus oponentes, também tem notas pré-flop sobre que mãos eles incluem nos seus ranges de 3-bet e 4-bet. Esta informação será, sem dúvida, muito útil em cenários futuros.

Esperamos que este artigo o tenha ajudado a melhorar o seu jogo em situações de 4-bet.

Boa sorte nos panos!

Sobre o Autor
Por

Amante e jogador de poker, Frederico traz temas de interesse sobre a modalidade para o nosso blog. Artigos sobre estratégia, dicas, notícias ou simples curiosidades marcarão presença assídua aqui, na 888Poker.

Artigos Relacionados

Objetivos no Poker

Poker Solvers - Saiba Tudo

Magnus Carlsen no Poker?

Open-Raises em 6-Max

Ações no Poker

Par de Damas - Como Jogar

Poker Coach - Será Para Si?

Dois Pares - Como Jogar

Melhorar o Bluff em 5 Passos

Transitar Para o Poker ao Vivo