Aviso: O conteúdo aqui apresentado tem uma finalidade exclusivamente informativa sobre um tipo específico de jogo e como jogá-lo. O objetivo deste conteúdo não é nem promover nem disponibilizar um tipo de jogo, mas simplesmente informar o jogador acerca de como jogá-lo.


SPR no poker significa “stack-to-pot ratio” (em português, “rácio da stack para o pote”). Principalmente, relaciona o tamanho da stack efetiva (a mais pequena) em jogo com o tamanho do pote, para criar uma espécie de relação “risco/recompensa”.

FÓRMULA: SPR = stack efetiva / dinheiro no pote = risco / recompensa

Se estivessem €10 no pote e a stack efetiva em jogo fosse de €100, então o SPR nesta situação seria 10.

O que quer isto dizer? Essencialmente, o SPR ajuda a criar uma métrica simples de usar que nos diz quão comprometidos com o pote devemos estar, ajudando a simplificar a nossa tomada de decisão pós-flop (até certo ponto).

Quanto mais baixo for o SPR, mais comprometidos teremos de estar com o pote. Ou seja, mais amplo terá de ser o range de mãos de valor com que vamos all-in.

SPRs diferentes exigirão estratégias diferentes, e o objetivo deste artigo é ajudar a esclarecer os nossos leitores sobre a forma como SPRs variados devem ser considerados em diferentes situações no decorrer do jogo.


Índice

  1. Exemplo de SPR em Ação
  2. Situações Comuns para Vários Níveis de SPR
  3. Odds Implícitas e Odds Implícitas Inversas
  4. Mãos Iniciais Pré-Flop Com Base em Considerações de SPR no Flop
  5. A Força das Mãos Pós-Flop com SPRs Diferentes
  6. Habilidade e SPR
  7. 10 Dicas Gerais Sobre SPR
  8. Sumário
     

Exemplo de SPR em Ação

Comecemos com um exemplo para ilustrar a importância do SPR. Suponha que tem AA numa posição inicial da mesa. Faz raise pré-flop, a big blind faz call e o flop vira 875.

Agora, digamos que o pote está nos €50 e a sua stack tem €150. Com um SPR de 3, caso aposte os seus Ases e o seu adversário faça raise, deve estar extremamente confortável em fazer all-in, pois a força da sua mão em relação ao SPR baixo deixa-o numa posição de superioridade com o overpair. 

Contudo, se o SPR for mais alto (digamos que o pote é €50 e tem €1.000 na sua stack), você apostar os seus Ases e o seu adversário fizer raise, a sua decisão torna-se bem mais complexa. A big blind poderá ter dois pares, um set, straight ou draws muito bons que poderão ainda melhorar. 

Você poderá perder uma boa parte da sua stack com uma mão relativamente fraca (com base no range de mãos de EP vs BB e o SPR alto) caso se comprometa em demasia com a sua mão. Como tal, um check-back poderá ser mais apropriado nesta board contra um adversário competente.

Situações Comuns para Vários Níveis de SPR

As maiores variáveis que serão fatores determinantes do SPR são:

1. Tamanho Efetivo da Stack
2. Tamanho do Raise (em big blinds)
3. Número de Jogadores no Flop
4. Outros Fatores: Straddles / Bomb Pots* / Dinheiro Morto

*bomb pots são potes onde todos os jogadores concordam em lá colocar um montante predeterminado antes de receberem cartas

Secção 1: Online, Stacks Padrão

Raises em jogos online são, geralmente, pequenos, entre 2x e 3.5x o tamanho da big blind. O número de jogadores que veem um flop em cada mão é, também, bem mais baixo do que no poker ao vivo. Este facto resulta em SPRs mais altos tanto em single-raised pots (SRP) [potes com apenas um raise pré-flop] como em potes em 3-bet.

Também aumenta a probabilidade de haver potes em 4-bet ou 5-bet onde se joga pós-flop, comparativamente ao poker ao vivo (onde, chegando à 4-bet, o mais provável é o jogador fazer imediatamente all-in devido ao open-raise maior e subsequente 3-bet mais alta)!

Secção 2: Ao Vivo, Stacks Padrão

Considerando que os sizings no poker ao vivo são, geralmente, maiores (geralmente entre 4x a 6x) e que há uma maior probabilidade de vários jogadores verem o flop, existe um potencial significativo para o SPR pós-flop ser afetado drasticamente. O tamanho dos raises e número de jogadores que fazem call levam a uma das diferenças mais significativas entre a jogabilidade do poker online e ao vivo!

A possibilidade da existência de um straddle também impacta significativamente o SPR, pois aumenta o preço da big blind para o dobro, o que torna o SPR imediatamente mais baixo.

Podemos, ainda, considerar que bomb pots (onde cada jogador coloca um montante predeterminado e o flop é virado) criam mais ação devido a um SPR resultante mais baixo. O mesmo se aplica a splash pots, onde o casino adiciona €X ao pote ainda antes de quaisquer cartas serem distribuídas!

Secção 3: Torneios

À medida que as blinds aumentam ao longo de vários níveis nos torneios de poker, as stacks diminuem (em termos de big blinds), o que influencia bastante o SPR. Os jogadores diminuem o tamanho dos seus open-raises devido às stacks mais pequenas, tentando manter o SPR o mais alto possível e tornando o jogo pós-flop mais baseado em habilidade e menos em sorte/probabilidades.

Portanto, os SPRs serão, geralmente, bem mais baixos em torneios do que em cash games. Como tal, esta é uma das razões pelas quais a variância é consideravelmente mais alta em torneios do que em cash games: com um SPR mais baixo, os jogadores ficarão comprometidos com os potes muito mais rapidamente com (relativamente falando) um range mais amplo de “mãos fortes”.

Secção 4: Tabela Sumariada de Várias Situações Comuns de SPR

Local/Tipo Stack Inicial Tamanho d Raise (bb) # de Jogadores SPR (aprox.)
Cash Online 250bb 2.5 2 40
Cash Online 100bb 1.5 2 15
Cash Online 100bb 9 (pote em 3-bet) 2 5
Cash Online 100bb 22.5 (pote em 4-bet) 2 2
Cash ao Vivo 100bb 4 (pote SRP, HU) 2 11
Cash ao Vivo 100bb 4 (pote SRP, 5-way) 5 5
Cash ao Vivo 100bb 1 (pote em limp) 5 14
Cash ao Vivo 100bb 13 (pote em 3-bet) 2 3
Cash ao Vivo 100bb 7 (pote com straddle) 2 6
Cash ao Vivo 100bb 7 (pote com straddle) 4 3
Cash ao Vivo 100bb 4 (bomb pot) 9 3
Cash ao Vivo 100bb 1 (splash pot) 9 10
Torneio 50bb 2.5 2 8
Torneio 25bb 2.25 2 4
Torneio 15bb 2 2 3

Odds Implícitas e Odds Implícitas Inversas

Há dois conceitos básicos a ter em mente quando estamos a lidar com SPR e a escolher mãos pré-flop de acordo com isso (o tema ao qual vamos dedicar este capítulo).

Esses conceitos são denominados por Odds Implícitas (Implied Odds) e Odds Implícitas Inversas (Revere Implied Odds).

O termo Implied Odds refere-se à quantidade de dinheiro que um jogador poderá potencialmente ganhar caso “acertem a(s) sua(s) carta(s)” e construam uma mão dominante, como um set, straight ou flush. A frase que explica melhor a expressão ‘implied odds’ é “colocar uma pequena quantidade de dinheiro agora para tentar ganhar uma GRANDE quantidade de dinheiro mais tarde na mão”.

Pares pequenos, por exemplo, têm implied odds consideráveis quando a stack efetiva é grande (60bb+) porque apenas precisamos de investir 2bb a 4bb pré-flop em single-raised pots para tentar ganhar a totalidade da stack do nosso adversário pós-flop (caso acertemos o nosso set).
 

trio de ases


Mão com implied odds altas jogam extremamente bem contra jogadores mais fracos que valorizam demasiado os seus top-pairs e overpairs. Esse tipo de jogadores coloca o seu dinheiro no meio com pouco critério, demasiado rapidamente, especialmente quando o SPR é alto e deviam ter mais cuidado com essas mãos, como está a aprender neste artigo.

O termo 'reverse implied odds' é utilizado para descrever mãos que podem investir uma pequena quantidade de dinheiro no pote agora e, potencialmente, perder uma grande quantidade mais tarde. Mãos broadway médias são um excelente exemplo de mãos que têm uma reverse implied odds. Por exemplo, se você estiver no botão com KJo e fizer call a um raise de early position, é possível que perca um grande pote caso acerte top pair.

É provável que o seu adversário tenha mãos como overpair, AK, AJ ou KQs tendo em conta que abriu a ação de EP. Se vir o flop com um SPR alto nestas circunstâncias, será fácil perder uma grande quantidade de dinheiro quando acerta o seu par, mas continua atrás. Portanto, certas mãos broadway (dependendo do contexto e posição na mesa) podem, frequentemente, ser melhores para 3-bet. E se não achar que é boa ideia jogar, não é vergonha nenhuma fazer fold destas mãos nestas situações.

Ao fazer 3-bet com estas mãos estará a reduzir o SPR, a tomar a iniciativa e a ganhar fold equity. Se fizer fold, não terá de se preocupar em ser afetado pelas reverse implied odds negativas que advêm de um SPR alto.

Mãos Iniciais Pré-Flop Com Base em Considerações de SPR no Flop

SPR Alto: Suited connectors e pares pequenos são excelentes mãos para nos envolvermos em potes com um SPR alto. Têm boa jogabilidade e excelentes implied odds: caso se transformem numa boa mão, o potencial para ganhar muito dinheiro é bastante grande! O mesmo se aplica a AX suited, que pode completar nut flushes ou mesmo sequências (no caso de A2-A5) ou a broadways AX (A10+), que também podem completar sequências.

SPR Médio/Baixo: Mãos Broadway e pares de mão médios terão um melhor desempenho em potes com um SPR médio/baixo. Top pair ou até um overpair numa board baixa serão excelentes mãos em contextos com este género de SPR e permitem tirar valor de mãos piores quando apostamos.

A decisão de jogar para stacks inteiras ou não será dependente da situação, mas pelo menos não terá de se preocupar com reverse implied odds terríveis (como na secção anterior) porque o SPR já está naqueles valores médios/baixos. Mãos premium, no geral, também terão bons resultados em potes com um SPR médio, mas (tal como mencionado) a forma exata como devemos jogar mãos como top pair e equivalente não é clara (extremamente dependente de fatores como o tipo de board ou as tendências do vilão).

Acima de tudo, este é o SPR em que mãos com odds implícitas devem ser evitadas pois, simplesmente, essas odds não estão lá.

SPR Baixo: Pares premium e/ou mãos que podem acertar top pair com um kicker forte terão bons resultados em potes com um SPR baixo. Com mãos como QQ+ / AK (e até TT+ / AQs+ / AK contra alguns adversários), devemos querer fazer 3-bet ou 4-bet pré-flop para ir all-in caso seja possível. Estas mãos funcionam melhor em potes onde diminuímos o SPR pós-flop ao fazer re-raise pré.

Se apenas fizermos flat-call a um raise com AA pré-flop, o SPR manter-se-á alto e perderemos uma grande quantidade de dinheiro se alguém acertar um set ou um flush e nos comprometermos em demasia para com a nossa mão (que não é mais do que um par).

A Força das Mãos Pós-Flop com SPRs Diferentes

Quanto mais baixo for o SPR, mais amplo deverá ser o range de mãos com que devemos estar dispostos a jogar para stacks inteiras (por exemplo, top pair). Quanto maior for o SPR, o valor daquilo que determinamos como uma “boa mão para jogar para stacks” aumenta para combinações como sets, sequências e flushes.

Segue uma diretriz criada pelo jogador profissional James “SplitSuit” Sweeney para utilizar em relação ao SPR com mãos como top pair ou equivalentes:

  • SPR 0-3: Jogar para stacks com top pair ou melhor;
  • SPR 3-6: Jogar para stacks dependendo do tipo de board e do vilão (e das suas estatísticas);
  • SPR 6+: Não é uma situação em que queremos automaticamente jogar para stacks inteiras com top pair (embora possam surgir situações contra fishes ou calling stations onde esse será o caso).

Olhando para isto de outra forma (considerando mais do que apenas mãos como top pair:

  • SPR 0-3: Jogar para stacks com top pair ou melhor;
  • SPR -5: Jogar para stacks com dois pares ou melhor;
  • SPR -10: Jogar para stacks com trio ou melhor;
  • SPR 17+: Jogar para stacks com straights/flushes fortes;

Caso acabe por fazer bluff com draws, a força do seu draw e o SPR devem ser considerados antes de decidir como abordar o bluff.

EXEMPLOS para DRAWS

  • Com um SPR de 2 ou 2.5, caso tenha qualquer flush draw, o check-shove é, muito provavelmente, uma opção lucrativa. Ganha fold equity ao ser o jogador que faz all-in, tem uma equity decente quando faz call e não está a arriscar demasiado por já ter um SPR bastante baixo.
     
  • Contudo, nem todos os draws são iguais. Se tiver 75 off numa board 89J com um SPR médio de cerca de 5 ou 6, não deve fazer um bluff-raise/all-in com draws como este. O seu draw não é o melhor nesta situação e, por isso, estará a arriscar demasiado quando até pode já estar morto.
     
  • Posto isto, os draws mais fortes são bons candidatos para bluffs em potes com um SPR alto.
     
  • Mãos com draws médio-bons serão boas em potes com um SPR médio.

Habilidade e SPR

Quanto maior for o SPR, maior será a importância da habilidade dos jogadores na hora de determinar quem será melhor e terá mais lucro num jogo de poker. As razões são várias: a complexidade das diferentes opções dos tamanhos das apostas pós-flop, análise de ranges, linhas de apostas que os jogadores podem tomar quando as stacks são maiores etc. Os melhores jogadores, que conseguem tirar vantagem destas situações manipulando-as a seu favor lucrarão mais e chegarão mais rapidamente ao topo.

Do outro lado da moeda, quanto mais baixo for o SPR, mais expostos à variância os jogadores estarão. E esta é uma das razões pelas quais os torneios são jogos com tanta variância, especialmente os turbo ou hyper-turbo. À medida que as stacks vão ficando mais pequenas e o SPR, subsequentemente, diminui, o número de mãos com que deve ir all-in aumenta e deixa de haver tanto espaço para jogar pós-flop como em situações com um SPR alto.

Posto isto, a vantagem que os melhores jogadores de torneios têm é saber como efetivamente jogar bem com todos os diferentes SPRs (especialmente pré e pós-flop nos níveis onde as stacks são mais pequenas). Eles têm a capacidade de tomar em consideração as diferentes stacks em jogo, o que significa que há ainda estratégia e habilidade envolvida, mas os resultados serão muito mais dependentes da variância.

10 Dicas Gerais Sobre SPR

1. SPR Deve Ser Utilizado no Jogo Pré-Flop e no Flop: SPR é estritamente utilizado para a seleção de mãos pré-flop e para determinar a força relativa da mão no flop/nível de “compromisso com a mão” nas restantes streets. Se o SPR no flop for 10+, então utilize esse valor para o resto da mão e proceda de acordo com ele. Lá por o river lhe dar um SPR de 3 não significa que deva mudar a mentalidade para “ir all-in com top pair ou melhor”. Sim, pode recalcular o tamanho da sua stack face ao pote no turn e no river (para determinar os melhores tamanhos das apostas, pot odds, rácios de combinações de valor para bluff etc.), mas não recalcule o SPR no turn e no river para redefinir o quão forte é a sua mão.

2. SPR Deve Ajudá-lo a Criar um Plano Para Como Quer Jogar a Sua Mão: Se a sua mão for forte, mas vulnerável (como o exemplo apresentado no início deste artigo onde tem AA num flop 875) e o SPR for alto, fazer check behind [check depois do adversário fazer check] é uma opção viável. Contudo, se o SPR for baixo (entre 2 e 3), deve sentir-se confortável em colocar todas as suas fichas em jogo. Depois pode planear exatamente como o pretende fazer (ex.: check/shove no flop OU uma delayed c-bet e shove no river E/OU utilizar diferentes tamanhos de apostas ao longo de várias streets para manipular o tamanho do pote, pot odds subsequentes, etc.).

3. Estude Como o Range do Vilão Pode Acertar Diferentes Flops: Quando estamos a usar SPR para nos ajudar a criar um plano para aplicar em determinada mão, é essencial não pensar apenas na força da nossa mão relativa ao SPR, mas pensar também na forma como o range do nosso adversário é afetado pelo flop em questão (comparativamente à nossa mão). Utilizar programas como o Flopzilla pode ajudar-nos a visualizar a forma como o range do Vilão conecta com diferentes tipos de boards (um par, dois pares, sets, etc.). Este tipo de estudo fora das mesas ajudará imenso na hora de decidir que tipo de apostas e quais os tamanhos das apostas que queremos utilizar numa mão.

4. Utilize SPR na Seleção de Mãos Iniciais: Se um jogador estiver UTG com 30bb num cash game online, fizer open-raise e nós estivermos no Botão com suited connectors, o ideal é mandá-los para o muck. Se fizermos call (assumindo que se trata de um min-raise), o SPR seria 28/5 = 5.6 à entrada do flop. E como aprendeu neste artigo, este não é um SPR ideal para estas mãos carregadas de implied odds com as quais, geralmente, queremos um SPR mais alto (10+). Relativamente à escolha de mãos pré-flop, se estiver com uma enorme stack numa situação de enorme SPR, tenha cuidado com as implied odds inversas que o podem colocar em situações desfavoráveis. Fazer 3-bet ou mesmo fold pode ser mais preferível do que um call.

5. SPR e o Valor das Mãos Pós-Flop: Quando chega ao flop, crie o hábito de determinar o SPR automaticamente, de forma a saber como proceder e quão comprometido terá de estar com a sua mão.

6. Considere a Forma Como o Tamanho das Suas Apostas Influencia o SPR (e os Ranges Contínuos): As escolhas que toma relativamente ao tamanho das suas apostas pré-flop não só terão influência ao determinar o SPR no flop, como também irão afetar os ranges contínuos dos seus oponentes. E apesar do SPR o poder ajudar a avaliar a força da sua mão pós-flop, é essencial também pensar sobre o seu valor face ao range contínuo do vilão. Começando com stacks de 100bb, imaginemos uma situação em que você faz uma 3-bet GRANDE (de 2.2bb para 12bb, p.e.) com ATo na SB vs BTN. O Vilão faz call e vira um flop Ás-alto.

Com aquela 3-bet, diminuiu o SPR para 4. Mas fazer um raise tão grande também reduziu consideravelmente o número de mãos que o vilão pode ter no seu range (para, muito possivelmente, apenas incluir AX melhores que o seu e alguns pares médios dos quais está muito à frente). Numa situação deste género, ou está muito à frente ou muito atrás. Eu teria todo o gosto em meter as minhas fichas todas no meio com um SPR de 4 nesta situação? Não. Mas poderia, provavelmente, reavaliar o tamanho original da minha 3-bet e o range com que o fiz – seja para reduzir o número de mãos no range para justificar a 3-bet maior do que o normal ou reduzir o tamanho da 3-bet para acomodar um range mais amplo.

7. Jogar para Stacks Contra Fishes: Lembre-se de considerar as tendências do seu adversário em situações com um SPR de 3-6 (área cinzenta). Contra fishes e baleias (whales), pode estar muito mais à vontade para apostar as três streets com mãos como top pair e até pode estar feliz por ir all-in. Esse tipo de jogadores fará call com mãos muito mais fracas do que os regs fariam com este SPR, especialmente mais próximo de 5-6.

8. Pode Estar Comprometido, Mas Não Precisa de Fazer All-in de Imediato: Não é por estar comprometido com a sua mão (ex.: SPR < 3) que tem de apostar tudo o que tem e adotar uma estratégia agressiva de imediato. Inicialmente, fazer check no flop com a parte mais forte do range de mãos com que pretende ir all-in, é perfeitamente aceitável, especialmente quando o SPR é baixo. Também o ajuda a a equilibrar o seu range para quando quer fazer check com mãos mais fracas ou com os draws.

9. Draws e SPR: Tenha sempre atenção ao SPR quando está a jogar draws, principalmente se decidir jogá-los agressivamente. Não deve apostar ou fazer raise com um draw com boa equity porque corre o risco do seu adversário acabar por responder com um all-in forçando-o a fazer fold (porque você não teria as pot odds corretas). Caso possa, manipule o SPR de uma forma a que, caso pretenda, possa ser *você* a ir all-in com o seu draw (ganhando fold equity). Adicionalmente, tenha em atenção quais os draws específicos com que decide jogar agressivamente, com base no SPR.

10. SPR dos Diferentes Adversários: Caso veja um flop multiway (contra dois ou mais jogadores), também deve levar em consideração a forma como o SPR efetivo pode ser diferente para os diversos oponentes. Imagine que você tem AA 3-handed. Um dos seus adversários com uma stack mais pequena tem um SPR de 3; o outro, com uma stack mais considerável, tem um SPR de 15. Lembre-se que apenas deve ir all-in confortavelmente nesta situação contra um deles. Caso o jogador com a stack mais pequena faça fold no flop, então devemos passar a considerar o SPR de 15 no decorrer da restante ação.

Sumário

O SPR ajudá-lo-á a saber o quão comprometido você deve estar com uma mão ao ponto de colocar o resto da sua stack no meio da mesa de bom grado. Quanto mais baixo for o SPR, mais amplo deverá ser o range de mãos com que pode acabar all-in numa mão. Quanto mais alto for o SPR, maior será a importância da habilidade de cada jogador pós-flop e as mãos de maior valor ou com melhores implied odds acabarão por ser mais lucrativas.

Habitue-se a ter sempre em mente qual o SPR em todas as situações. Assim, poderá construir os seus ranges e linhas de apostas de forma apropriada e lucrar o máximo possível nas mesas.

Sobre o Autor
Por

Amante e jogador de poker, Frederico traz temas de interesse sobre a modalidade para o nosso blog. Artigos sobre estratégia, dicas, notícias ou simples curiosidades marcarão presença assídua aqui, na 888Poker.

Artigos Relacionados

Objetivos no Poker

Poker Solvers - Saiba Tudo

Magnus Carlsen no Poker?

Open-Raises em 6-Max

Ações no Poker

Par de Damas - Como Jogar

Poker Coach - Será Para Si?

Dois Pares - Como Jogar

Melhorar o Bluff em 5 Passos

Transitar Para o Poker ao Vivo