Aviso: O conteúdo aqui apresentado tem uma finalidade exclusivamente informativa sobre um tipo específico de jogo e como jogá-lo. O objetivo deste conteúdo não é nem promover nem disponibilizar um tipo de jogo, mas simplesmente informar o jogador acerca de como jogá-lo.


  • Shade é um filme de 2003 que conta a história dum grupo de vigaristas que usam uma técnica de manipulação de cartas para ganhar nas mesas de poker;
  • O enredo desenrola-se em Los Angeles e foca-se numa tentativa de vigarizar um dos melhores manipuladores de cartas de sempre num jogo de high stakes poker;
  • O principal protagonista é aquilo a que podemos chamar de "card mechanic", alguém com uma habilidade excecional de manipulação dos baralhos de forma a influenciar a ordem de saída das cartas;
  • O filme, apesar de ter falhas, acaba por ser agradável.

 

Índice

  1. Enredo
  2. O Que é um "Card Mechanic"?
  3. Review

 

ATENÇÃO: Se quer evitar spoilers sobre este filme, não leia o capítulo “Enredo”.

Já aqui falámos dos mais variados filmes onde poker é o tema central ou onde simplesmente foi mencionado. Inclusivamente, temos um artigo dedicado ao assunto onde aprofundamos um pouco mais sobre cada filme de forma a facilitar o trabalho do leitor que pretenda utilizar o seu tempo livre a devorar filmes sobre este jogo.

Procuramos sempre procurar e ver filmes sobre os quais não falámos aqui no blog e hoje fazemos do nosso tema central o filme Shade. Lançado em meados de 2003, o filme Shade é um filme norte-americano realizado e escrito por Damian Nieman onde contracenam Stuart Townsend, Gabriel Byrne, Thandiwe Newton, Jamie Foxx, Melanie Griffith e Sylvester Stallone.

O filme tem lugar em Los Angeles e conta a história dum grupo de vigaristas que usam uma técnica de manipulação de baralhos de cartas para ganhar nas mesas de poker dos jogos ilegais. Após vigarizarem a pessoa errada, o trio de charlatães tenta enganar um dos melhores manipuladores de cartas, Dean Stevens, e a história gira à volta desse plano. Será que o trio conseguirá vigarizar Stevens? Quem estará a vigarizar quem?

Enredo (SPOILERS)

O filme começa por nos apresentar as diferentes personagens em diferentes cenários, acontecimentos e linhas temporais viajando no tempo, com alguma frequência, entre cenas.

A trama começa por se desenrolar num jogo ilegal de poker onde é revelado que um dos jogadores está a fazer batota quando vários homens sacam de armas e tentam assaltar os jogadores. 

A cena seguinte apresenta-nos os vigaristas Tiffany (Thandiwe Newton) e Charlie Miller (Gabriel Byrne) a apresentarem-se a Larry Jennings (Jamie Foxx), um jogador de poker, e propondo que, com a ajuda de Vernon (Stuart Townsend), o quarto elemento do grupo, façam batota num jogo privado de forma a conseguir ganhar, potencialmente, cerca de $20.000 USD.

Larry rapidamente aceita a proposta, mas o jogo corre mal e, após envolver-se numa mão de 5 Card Draw, uma variante de poker, com um dos jogadores, ele acaba por perder mais de $100.000 USD segurando poker de 10 que se revelam não serem suficientes contra o poker de J (valetes) do seu oponente.

Depois de vermos Larry em tilt a lidar com a sua derrota acabamos por perceber que, afinal, quem foi vigarizado foi ele já que todos os jogadores envolvidos no jogo estavam por dentro da tramoia que tinha o objetivo de “roubar” todo o dinheiro a Larry fazendo-o pensar que tinha uma mão imbatível. O dinheiro, no entanto, pertencia a Malini, um poderoso mafioso que não perdeu tempo e ordenou que o jogador que perdeu todo o seu dinheiro fosse assassinado e seja iniciada a busca pelos ladrões.

É após esta cena que tem início a história principal do filme. Rapidamente é revelado que o jogador envolvido no jogo que foi assaltado no início do enredo é conhecido por “The Dean” e que é uma lenda do jogo, mas pelos piores motivos... é um dos melhores batoteiros de sempre nas mesas de poker. O trio de vigaristas decide fazer do batoteiro interpretado por Sylvester Stallone o seu alvo e tentar, utilizando a técnica de Vernon, vigarizá-lo e ganhar ilegitimamente todo o seu dinheiro.

O Que é um “Card Mechanic”?

Um “card mechanic” é aquilo que chamamos a alguém com uma habilidade excecional de manipular um baralho de cartas. Um card mechanic muito experiente conseguirá memorizar facilmente a ordem das 52 cartas do baralho e conseguirá baralhar e manejar as cartas de forma a alterar a ordem pela qual elas saem. E tudo isto de forma completamente inconspícua para os outros jogadores parecendo sempre que está a tirar cartas do topo do baralho.

Jogadores menos experientes nesta “arte” podem não conseguir lembrar-se da ordem das 52 cartas, mas podem ainda conseguir tirar cartas do fundo do baralho como se estivessem a dar cartas normalmente.

 

shade

 

O filme “Shade” mostra-nos várias cenas filmadas do topo, frente e por baixo do baralho que mostram esta técnica em ação que, apesar de parecer, não são apenas truques de Hollywood. Aliás, o próprio realizador Damian Nieman tem um passado em ilusionismo e ele próprio, para além dos atores, foi filmado em algumas cenas mais complexas a efetuar estes truques. Vernon utilizava precisamente esta técnica para enganar os seus adversários.

Obviamente, um card mechanic é completamente inútil quando existe um dealer na mesa, como num casino. É imprescindível que no jogo em questão sejam os jogadores a dar as cartas de forma a garantir que a sua habilidade possa ser usada a seu favor.

Caso esteja numa mesa dum jogo de poker onde os próprios jogadores dão as cartas deve ter em atenção o seguinte:

  1. Se um jogador ganha quase sempre quando é ele o dealer;
  2. Observe com atenção as mãos do dealer tanto durante o processo de embaralhamento como quando estão a ser distribuídas as cartas;
  3. Caso a carta de baixo do baralho não esteja alinhada com as restantes, pode ser um forte indicativo de que o dealer está a tirar algumas cartas da parte inferior do baralho (base dealing).

Review

Tenho vindo a pensar sobre o filme desde que o vi e a opinião oscila constantemente entre “bom filme” e “mau filme do qual gostei”. 

Não é, de todo, o melhor filme sobre poker que saiu dos estúdios de Hollywood. O elenco é bastante rico para um filme desta pequena envergadura o que acaba por ser a sua principal muleta. Contudo, os diálogos não deixam de parecer pouco trabalhados. O tom do filme também é difícil de interpretar... por um lado, é um filme focado num crime não violento que gira à volta das cartas e do poker e, por outro, tem cenas violentas de tiroteios que surgem quase como um coelho da cartola dum mágico.

Posto isto, não consigo dizer que não gostei do filme. Obviamente, o tema “poker” é o que impera na lista daquilo que torna o filme interessante, mas o mundo para onde somos transportados e a forma como as inúmeras cenas nas mesas de poker foram filmadas fazem-nos viver a situação como se as fichas fossem nossas e mantêm-nos interessados.

A verdade é que, apesar de todos os defeitos que posso apontar ao filme, foi 1:40h bem passada, colado ao ecrã mesmo não achando que foi espetacular ou inesquecível.

Sobre o Autor
Por

Amante e jogador de poker, Frederico traz temas de interesse sobre a modalidade para o nosso blog. Artigos sobre estratégia, dicas, notícias ou simples curiosidades marcarão presença assídua aqui, na 888Poker.

Artigos Relacionados
Acestream - Uma Solução

Acestream - Uma Solução