Dog no poker é uma forma abreviada da palavra underdog e significa que não somos os favoritos no jogo

  • Oue é Dog no Poker?
  • Explicação de Dog
  • Como Utilizar ser o Dog como parte da Sua Estratégia de Poker
  • O maior underdog na História do Poker
  • Os Dogs e Underdogs do Cinema
  • Conclusão

 

Oue é Dog no Poker?

Dog no poker é uma forma abreviada da palavra underdog e significa que não somos os favoritos para vencer em determinada situação. Pode aplicar-se a sermos um dog depois das fichas irem a jogo durante uma única mão de poker ou pode aplicar-se a sermos um dog num evento inteiro, como um torneio ou um jogo a dinheiro específico. No local oposto o favorito do jogo tem por vezes o nome de tog dog (overdog), sendo que quando um underdog consegue dar a volta ao resultado o apelido que se costuma dar é o de upset.

 

Explicação de Dog

De acordo com o que se sabe nos dias de hoje o termo “underdog” surgiu possivelmente da prática das lutas de cães no Século XIX. O cão vencedor era o que saía por cima e o perdedor ficava por baixo.

Exemplo de Dog quando utilizado numa frase -> Eu gosto de jogar jogos de 40knl quando há tráfego, mas a verdade é que sou provavelmente um underdog nesses jogos de poker.

 

Como Utilizar ser o Dog como parte da Sua Estratégia de Poker

Coneguir o dinheiro como underdog nem sempre implica que cometemos algum tipo de erro estratégico. Por exemplo, ficamos normalmente felizes quando conseguimos todo o dinheiro em pré-flop com KK apesar do facto de por vezes acabarmos por nos transformar em underdogs quando o nosso adversário aparece na mesa com um par de Áses. 

Noutros cenários ficaremos felizes em dar call como underdogs porque estamos a conseguir o melhor preço. Por exemplo, podemos esperar ganhar apenas 30% das vezes ao dar call num cenário de river, mas ainda assim será lucrativo se o seu adversário estiver a fazer apostas de meio pote (apenas precisamos de ganhar 25% das vezes neste caso).

A realidade é que nem sempre é mau sermos o underdog até porque sermos subestimados pelo nosso adversário pode ter um valor inestimável para os nossos ganhos durante o jogo, em especial durante os torneios nas mãos de poker que realmente interessam. No poker o que não faltam são histórias de underdogs, porque além do fator experiência também temos de contar com o fator sorte, não é suficiente conhecer as regras do poker.

 

O maior underdog na História do Poker

Uma das histórias mais famosas de underdogs no Poker é a de Chris MoneyMaker, hoje em dia um nome incontornável no Poker mundial mas em 2003 era um ilustre desconhecido até ao momento que ganhou o Main Event do World Series of Poker (WSOP). Tendo até esse dia trabalho como contabilista, nem o próprio Chris adivinhava o que o esperava quando ao investir 86$ num torneio satélite num site de poker online, conseguiu qualificar-se para o maior torneio de poker do mundo. Este foi o seu primeiro evento ao vivo e apesar de ser o novato nas mesas, isto não pareceu afetá-lo visto que somou um primeiro lugar com mais de 2.5 milhões de dólares em prémio! Uma das mãos mais memoráveis foi Moneymaker foi All in no river tendo apenas uma carta alta Rei e Sam Farha perdeu no heads up quando fez fold com dois noves. O derradeiro momento da vitória foi quando a sua mão de 5♦ 4♠ bateu a mao de Farha de J♥ 10♦ num flop de J♠ 5♠ 4♣ 8♦ 5♥, oferecendo a vitória a Moneymaker com um full house (5♦ 5♠ 5♥ 4♣ 4♠) contra apenas dois pares do seu adversário (J♥ J♠ 5♠ 5♥ 10♦). Nasceu assim uma estrela que inspirou toda uma geração de jogadores de poker que olhavam para ele como inspiração.

O miúdo underdog, novato nas mesas tinha atingido o mais prestigioso prémio e era agora possível para qualquer pessoa sonhar com o mesmo destino. Uma pessoa normal, com uma mala de poker, podia tornar-se um Ás nas mesas de poker e vencer os melhores do mundo, mesmo não sendo um profissional e tendo eliminado grandes nomes como Phyl Ivey e Johnny Chan.

 

Os Dogs e Underdogs do Cinema

Rocky: Para nós não existe dúvidas que um dos filmes mais míticos de underdogs é a história cinematográfica de Rocky, o jovem boxeur amador que venceu todas as probabilidades e vozes contrárias para se tornar um verdadeiro campeão de boxe. Escrito e protagonizado por Sylvester Stallone, Rocky for realizado com um orçamento de pouco mais de um milhão de dólares, sendo que acabou por ganhar mais de 225 milhões nos cinemas mundiais, além de ter sido galardoado com três Oscars, onde se incluiu claro o de melhor filme.

O filme, feito com um orçamento de pouco mais de US$1 milhão, foi um sucesso; ganhou US$225 milhões em bilheteria global, tornando - se o filme de maior bilheteria de 1976, e ganhou três Oscars, incluindo o de Melhor Filme. Inspirado no combate veridico entre Chuck Wepner e o aclamado Muhammad Ali, Rocky venceu todas as barreiras ao colocar o desfavorecido como vencedor, um mais pobre sobre o mais rico, o menos improvável como arrebatador vencedor.

Rocky Balboa (Sylvester Stallone) era treinado por Mickey e vivia numa das zonas mais problemáticas da cidade, sendo que nem o próprio treinador acreditava de inicio nas suas capacidades. Ele era um desconhecido que trabalhava para um agiota da cidade como cobrador, um futuro incerto pela frente, mas com muita força para trabalhar e se superar. No ano em que se disputava o campeonato mundial de pesos pesados, o adversário no ringue do campeão Apollo Creed lesiona-se criando espaço para que um novo lutador pudesse afirmar-se. No que se queria uma vitória fácil para Creed, surgiu a ideia de apresentar um lutador desconhecido, alguém que agradasse aos patrocinadores e que enaltecesse ainda mais o campeão. Rocky, o nosso Italian Stallion, aproveitou o momento para dar o melhor de si, lutar contra todas as probabilidades e lutar no combate da sua vida. Por entre lutas e momentos tensos, surgem também histórias de amor como a de Adrian e Rocky, momentos em que revela o seu lado mais gentil e doce, contrastando assim com o lutador rígido e focado que vemos na maioria do filme.

A verdade é que todos nós gostamos de histórias de underdogs, e a de Rocky revela verdadeiros momentos de emoção em que todos desejamos ser ele, ganhar e provar o sucesso de uma pessoa “normal” acima dos demais.

 

Karate Kid – Em Portugal este filme inspiriou toda uma geração a praticar artes marciais, aliás foi graças a ele que estas artes ganharam grande destaque a nível nacional, em especial entre os mais jovens. Karate Kid: Momento da verdade é outra grande história de underdogs em que o menos provável, mais pequeno, com menos experiência sai vencedor de uma situação em que parecia impossível vencer. 

Este filme de artes marciais (também inserido na categoria de drama romântico) foi realizado em 1984 por John G. Avildsen e escrito por Roert Mark Kamen. As estrelas deste filme foram claro o professor ou mestre Miyagi, imortalizado pelo ator Nriayuki “Pat” Morita, o nosso jovem Karate Kid Ralph Macchio e a bela do filme protagonizada por Elisabeth Shue.

A premissa deste filme é simples, um jovem, apaixonado, magrinho sem grandes dotes atléticos tenta singrar numa nova cidade, São Fernando na California, onde todos parecem conspirar e alguns miúdos menos bem intencionados parecem decididos a infernizar-lhe a vida. Daniel Larusso não parece conseguir ambientar-se e não ajuda o comportamento do lutador de karate Johnny Lawrence, que depressa começa a perseguir Larusso com ciúmes da sua ex namorada. Um dia é cercado por Johnny e seus amigos e acaba por ser salvo pelo Mestre Miyagi que com alguns golpes defensivos de Karate coloca a correr os jovens atacantes. Daniel Larusso não parece convencido com as táticas do Sr. Miyagi mas aceita ser treinado por ele e aprender sobre a essência do Karate, uma arte marcial ancestral em que acima de tudo aprendemos a respeitar-nos e a respeitar o adversário. Claro que um filme épico tem de ter o momento apoteótico em que o bem vence o mal, aqui neste filme é o campeonato regional de Karate onde Larusso acaba por competir enfrentando Johnny na final.

Mais do que filmes são lições de vida que nos ensinam a vencer as adversidades, a lutar mesmo quando as coisas nos parecem difíceis, a fazer poker face mesmo nas piores mãos, a dar all in quando só temos um Rei na esperança que o adversário faça fold. Nos piores momentos o underdog conta com os seus amigos, com os seus treinadores ou professores, mas acima de tudo com a sua resistência e resiliência, criando histórias de superação.

 

Conclusão

Como pudemos ver o termo Dog ou Underdog é transversal a várias áreas da nossa vida e não é necessariamente uma expressão má ou desprestigiante, simplesmente classifica um momento no tempo em comparação. Interessa pouco se estamos a jogar Texas Holdem ou Omaha, se temos ou não a melhor mão, interessa sim o resultado final ser positivo e elevar a nossa posição de dog para triunfante.

Aproveite assim os melhores bónus de poker e promoções para praticar e subir as escadas do poker competitivo para chegar ao topo, faça a sua própria história de underdog e esperamos que saia vencedor, mesmo que com um deuce.


 

Sobre o Autor
Por

Ricardo Guimarães traz até nós vários anos de experiência como tradutor e copywriter na área do jogo online, com destaque para as modalidades de poker e casino online. É neste momento responsável pela produção de vários artigos que poderá rever no blog de poker ou casino da 888.

 
Artigos Relacionados
ROI - O Que Significa?

ROI no Poker

O Que é a Donk Bet no Poker?

O Que é Donk Bet?

16 Dicas Essenciais Sobre Apostas para Melhorar o Seu Jogo nas Mesas!

16 Dicas Para Apostar!

Ranges de Mãos de Poker: Domine os Ranges dos Seus Adversários

Poker Ranges - Domine-os!

Omaha - A Segunda Variante de Poker Mais Famosa

Omaha - Saiba Tudo

Gutshot - A Definição e Como os Jogar

Gutshot - O Que É?

O Derradeiro Guia de Estratégia de Poker

Estratégia Poker - O Guia

Como Poker Equity Pode Tornar o Nosso Jogo Invencível

Poker Equity - Jogo Invencível?

Mental Game - O Que é e Como o Treinar?

Mental Game - O Que É?

Top 13 Variantes de Poker para Principiantes

Tipos de Poker para todos os Gostos